Redutor de Atrito - IXL - compensa o uso em motores Mercedes?

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Redutor de Atrito - IXL - compensa o uso em motores Mercedes?

Mensagem por Andre Buss em Sex 3 Jul 2009 - 7:06



Eu uso Mobil 1. :D
avatar
Andre Buss
Usuário Platina
Usuário Platina

Número de mensagens : 5697
Data de inscrição : 26/11/2007
Interesses : Mercedes-Benz
Sexo : Masculino País : Estados Unidos
Advertências : Sem restrição

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redutor de Atrito - IXL - compensa o uso em motores Mercedes?

Mensagem por walter paiva em Sex 3 Jul 2009 - 7:10



Eu também estou utilizando o Mobil 1 8)

walter paiva
Desativado - Registro desatualizado

Número de mensagens : 1787
Data de inscrição : 02/08/2008
Interesses : b
Sexo : Masculino País : Portugal
Advertências : Sem restrição

Voltar ao Topo Ir em baixo

Óleo redutor de atrito

Mensagem por sylfernando em Sex 3 Jul 2009 - 12:12



Ontem eu gastei uns 20minutos conversando com o "technical advisor" da concessionária Mercedes aqui de Goiânia, e descobri que eles usam no momento o Magnatec da Castrol R$25,00 o litro. Ele explicou que quando começaram com a loja eles tinham um acordo comercial com a Mobil e usavam O Mobil 1. Depois mudaram este acordo e foram para o lado da Castrol, e adotaram o Magnatec. Agora o trato está chegando ao fim, e tão logo eles acabem com o estoque, voltam para o Mobil 1. Vocês me perdoem o vocabulário, mas estes caras parecem pr**t*t*t*s... vão onde ganham mais. Tenho que concordar com o André, é Mobil 1, e não tem para ninguém. Morei nos USA entre 1985 e 1993, e os caras já eram ferozes nisso. Eu tinha o prazer de abastecer as minhas furrecas com gasolina 98 octanas (era de cor rosada) a US$0,92/galão (coisa de R$0,48/litro) somente da Mobil, minha preferida... perfeita.
avatar
sylfernando
Usuário Iniciante
Usuário Iniciante

Número de mensagens : 24
Data de inscrição : 18/12/2008
Interesses : Mercedes, tecnologia e viagens
Sexo : Masculino País : Brasil
Advertências : Sem restrição

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redutor de Atrito - IXL - compensa o uso em motores Mercedes?

Mensagem por EVIP em Seg 18 Jan 2010 - 12:34



Upando um topico meio antigo mas util.

Sobre o militec eu posso falar o seguinte. Tenho um carro de rua preparado (Turbo).... com quase 350 hp hehehe. E um brinquedo muito legal. E tenho amigos que tambem tem carros turbo e quando se fala em militec se gera uma boa e grande discussao. Pra encutrar a historia vou falar o que uso. Ja usei militec algumas vezes. Os testes feitos com militec realmente saltam os olhos mas eu sou desconfiado.
Usei e parei de usar pelos seguintes motivos: Nao notei muita diferenca; Muitas pessoas rodam Km altissimos (200 mil, e ate mais) trocando SOMENTE O OLEO NA HORA CERTA; O militec nao e barato; Sua eficacia nao e comprovada CIENTIFICAMENTE;

Portanto, como nao eh 100 % comprovada a sua eficacia eu vou na boa e velha engenharia, ou seja, OLEO! Nada mais simples que trocar oleo e filtro na hora certa (5 mil km). Isso nos garante uma longa vida util.

Um abraco,

Elio

ps: Nao usei acento nas palavras pq o teclhado ta dando pau aqui.
avatar
EVIP
Usuário Bronze
Usuário Bronze

Número de mensagens : 57
Data de inscrição : 08/12/2009
Interesses : Muitos
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Distrito Federal
Advertências : Sem restrição

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redutor de Atrito - IXL - compensa o uso em motores Mercedes?

Mensagem por ornei em Sex 7 Abr 2017 - 18:44



E ai confrades comecei esse tópico há bastante tempo, já mudaram de ideia a respeito do IXL? Eu estou usando até hoje!!
avatar
ornei
Usuário Iniciante
Usuário Iniciante

Número de mensagens : 6
Data de inscrição : 07/04/2017
Interesses : Mercedes
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Minas Gerais
Advertências : Sem restrição

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redutor de Atrito - IXL - compensa o uso em motores Mercedes?

Mensagem por ornei em Sex 7 Abr 2017 - 19:21



E ai confrades, inicie esse tópico a algum tempo atrás, e continuo usando o IXL até hoje. E a ideia de vocês mudou?
avatar
ornei
Usuário Iniciante
Usuário Iniciante

Número de mensagens : 6
Data de inscrição : 07/04/2017
Interesses : Mercedes
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Minas Gerais
Advertências : Sem restrição

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redutor de Atrito - IXL - compensa o uso em motores Mercedes?

Mensagem por AUSR444BRA em Sex 7 Abr 2017 - 22:08



ninguem fica com o mesmo carro tanto tempo pra saber se aquele militec de 2009 fez efeito.
avatar
AUSR444BRA
Usuário Bronze
Usuário Bronze

Número de mensagens : 137
Data de inscrição : 08/10/2010
Interesses : carros
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Paraná
Advertências : Sem restrição

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redutor de Atrito - IXL - compensa o uso em motores Mercedes?

Mensagem por Antônio Elias em Sab 8 Abr 2017 - 0:27



@Jorge Martins escreveu:Meu carro esta com 198.000 kms tenho ele desde O km nunca usei aditivo nenhum no óleo. Nunca abri o motor, não consome óleo, não tem nenhum ruido no motor, nunca teve borra de óleo, nunca fiz flusch. A única coisa que sempre me preocupei é trocar o óleo a cada 5 mil no máximo e nunca abandonei o sistema de arrefecimento.
Moral da história: Se voce quiser ter um motor por muito tempo jamais deixe faltar óleo, agua e mantenha o sistema de injeção e ignição sempre em ordem para o motor não trabalhar nem com falta e nem com exesso de combustivel.
O Resto é perfumaria!!!

@ornei, esse IXL sei que é um composto à base de óleo de soja, particularmente acredito nisto que o @Jorge Martins postou, ao meu ver ele resumiu tudo!!!

_________________
equipe@portalmercedes.com
avatar
Antônio Elias
Moderador
Moderador

Número de mensagens : 13701
Data de inscrição : 24/07/2010
Interesses : Mercedes !!!
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Minas Gerais
Advertências : Sem restrição

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redutor de Atrito - IXL - compensa o uso em motores Mercedes?

Mensagem por MRaposo em Sab 8 Abr 2017 - 10:05



@AUSR444BRA escreveu:ninguem fica com o mesmo carro tanto tempo pra saber se aquele militec de 2009 fez efeito.
Tenho um amigo que tinha uma antiga D10 que usava Militec desde zero km. Ao contrário do que muitos pensam, Militec é algo antigo.

A D10 rodou 910 mil Km. O motor foi aberto e constatou-se que não era necessário retífica. Infelizmente a D10 foi roubada.

Ele usa Militec em uma Bandeirante 1988. Pudemos comprovar, através de termômetro, uma redução da temperatura do motor da Bandeirante, que é Mercedes a Diesel. Houve também uma alteração no barulho do motor.

Cabe ressaltar que estes 2 veículos não utilizam os óleos mais modernos que existem hoje. Estes óleos nem existiam quando estas viaturas foram fabricadas.


Minha opinião é: se você vai ser enterrado com o carro, compensa usar. Se pretende mudar de carro nos próximos 10 anos, não compensa.

Raposo
avatar
MRaposo
Usuário Bronze
Usuário Bronze

Número de mensagens : 174
Data de inscrição : 13/08/2016
Interesses : 4x4
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Distrito Federal
Advertências : Sem restrição

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redutor de Atrito - IXL - compensa o uso em motores Mercedes?

Mensagem por ornei em Sab 8 Abr 2017 - 17:30



MR RAPOSO, acho muito difícil comprovar redução de temperatura do motor, afinal a válvula termostática mantem a temperatura uniforme com ou sem atrito!

Antônio Elias eu uso o IXL Racing desde 1997 em todos os carros que tive ao longo desses 20 anos, talvez eu não tenha lucrado com a vida de motor e transmissão, pois afinal já vendi todos os carros antes de atingirem o final de sua vida útil, mais uma coisa eu posso afirmar a vocês, o beneficio não esta em ter um motor que roda 198.000km com óleo sem ter problema, o beneficio esta na economizar combustível ao longo de todos esses anos, pois sempre observei um rendimento melhor em meus carros.
avatar
ornei
Usuário Iniciante
Usuário Iniciante

Número de mensagens : 6
Data de inscrição : 07/04/2017
Interesses : Mercedes
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Minas Gerais
Advertências : Sem restrição

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redutor de Atrito - IXL - compensa o uso em motores Mercedes?

Mensagem por ornei em Sab 8 Abr 2017 - 17:38



AUSR444BRA hoje eu tenho um Honda Accord 2.0 2007 com 135.000Km dois 118.000km com IXL, MB C180 CGI 1.8 2011 com 80.000km desde de 100km usando IXL e um Fiorino 2010 com 193.000km usando IXL desde 0km, todos usando na transmissão e Motor.
avatar
ornei
Usuário Iniciante
Usuário Iniciante

Número de mensagens : 6
Data de inscrição : 07/04/2017
Interesses : Mercedes
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Minas Gerais
Advertências : Sem restrição

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redutor de Atrito - IXL - compensa o uso em motores Mercedes?

Mensagem por Antônio Elias em Sab 8 Abr 2017 - 20:03



Usar este redutor em transmissão de Mercedes com comando eletrônico já acho temerário, a 722.9 por exemplo utiliza um fluído com composição específica, risco misturar algo no fluído. Shocked

_________________
equipe@portalmercedes.com
avatar
Antônio Elias
Moderador
Moderador

Número de mensagens : 13701
Data de inscrição : 24/07/2010
Interesses : Mercedes !!!
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Minas Gerais
Advertências : Sem restrição

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redutor de Atrito - IXL - compensa o uso em motores Mercedes?

Mensagem por ornei em Sab 8 Abr 2017 - 20:50



Antônio Elias, estou vendo que você entende bem desse carro!!!

Eu coloquei o produto pois sei que o mesmo não modifica a característica fisioquímicas do lubrificante, a dosagem foi algo em torno de 1%, fiz a adição em uma empresa aqui em BH de nome Auto Imports(Se não me engano), ate o mecânico me chamou de maluco kkk,  fiquei em duvida de como tirar aquela tampinha plástica de proteção da verificação de nível do óleo para adicionar o produto, dai eu ter procurado essa oficina. O cambio tem respondido de forma adequada ate o presente momento, coloquei quando o carro tinha uns 3.000km, a garantia já se passou. Pretendo ficar muito tempo com esse carro ainda..rsrs Vou dando noticias para vocês.. E uso no motor que é turbo desde então, não acho que seja coincidência, mas nunca troquei a bateria desse carro, a Fiorino troquei uma única vez, em 7 anos, o Honda 01 vez também. E isso na opinião acontece pois o produto reduz o atrito a uma proporção muito grande, e o motor funciona muito rapidamente.
avatar
ornei
Usuário Iniciante
Usuário Iniciante

Número de mensagens : 6
Data de inscrição : 07/04/2017
Interesses : Mercedes
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Minas Gerais
Advertências : Sem restrição

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redutor de Atrito - IXL - compensa o uso em motores Mercedes?

Mensagem por Antônio Elias em Sab 8 Abr 2017 - 21:58



@ornei escreveu:Antônio Elias, estou vendo que você entende bem desse carro!!!

Eu coloquei o produto pois sei que o mesmo não modifica a característica fisioquímicas do lubrificante, a dosagem foi algo em torno de 1%, fiz a adição em uma empresa aqui em BH de nome Auto Imports(Se não me engano), ate o mecânico me chamou de maluco kkk,  fiquei em duvida de como tirar aquela tampinha plástica de proteção da verificação de nível do óleo para adicionar o produto, dai eu ter procurado essa oficina. O cambio tem respondido de forma adequada ate o presente momento, coloquei quando o carro tinha uns 3.000km, a garantia já se passou. Pretendo ficar muito tempo com esse carro ainda..rsrs Vou dando noticias para vocês.. E uso no motor que é turbo desde então, não acho que seja coincidência, mas nunca troquei a bateria desse carro, a Fiorino troquei uma única vez, em 7 anos, o Honda 01 vez também. E isso na opinião acontece pois o produto reduz o atrito a uma proporção muito grande, e o motor funciona muito rapidamente.

@ornei, citei 722.9 de 7 marchas, mas revendo os seus posts a sua W204 é 2011, caixa nesse caso é 722.6 5G, confere?]

A minha opinião é a seguinte: caixas de outras marcas não me manifesto mesmo por que foge ao propósito do fórum, nas transmissões mecânicas e nas automáticas de Mercedes pré-96 sem assistência eletrônica sinceramente não vejo risco de danos em utilizar esses redutores nesta proporção de 1% mesmo por que o período de troca do óleo é relativamente curto em relação à vida útil dos componentes, no entanto a partir das transmissões 722.6 eletrônicas é outra conversa, a questão é puramente técnica. 

Os lubrificantes aplicados nesses primeiros câmbios automáticos eletrônicos pós-97 da geração 722.6 já contém aditivos adequados para o projeto de fábrica, se aplicar um óleo de classificação dexron III de caixas antigas num câmbio eletrônico 722.6 faltamente ocorrerão danos, o óleo é inadequado, não adianta aplicar por exemplo um fluído de classificação dexron III numa caixa eletrônica e adicionar um aditivo redutor de atrito qualquer que não tornará o óleo adequado, não resolverá o problema, da mesma forma se aplicar um óleo da 5G numa caixa 7G causará desgastes e danos aos componentes, igual forma se aplicar um óleo homologado para um outro tipo de caixa de outra marca qualquer o risco de dano é iminente do mesmo jeito, não vou entrar em detalhes técnicos sobre formulação de óleos e etc por que há tópicos sobre o assunto e o tema aqui é outro, mas em suma o lubrificante aditivado na origem segue o projeto de cada fabricante conforme tipo de caixa, entende a ótica da questão?

Se uma caixa tiver componentes com defeito, com folga, final de vida útil, colocar aditivo não resolve nada, ao meu ver pode até complicar a situação e acelerar danos conforme o caso, principalmente se envolver desgaste em conversor de torque, que saiba não existe aditivo que minimize, conserte ou estanque danos.   

Numa caixa 722.6 não vejo necessidade alguma de adicionar nada ao fluído, pelo contrário há recomendação nos manuais de MB modernas para não adicionar aditivos em óleos de motores e transmissões, questão técnica, motores MB já vem de fábrica com camisas cilindros revestidas e etc, transmissões o material utilizado nos componentes ídem, estes tipo de redutores de atrito não alteram nada na eficácia destes materiais utilizados nas tecnologias patenteadas pela MB, há tópicos sobre isso no Fórum tratando em detalhes destas tecnologias.  

Enfim, se o óleo da transmissão estiver dentro do prazo de validade e foi aplicado um homologado que contém os aditivos necessários para manter o câmbio na faixa de temperatura correta, nível de lubrificação projetado para os componentes e etc nada há que se adicionar ao fluído, mesmo por que a troca do fluído é recomendada pela MBB a cada 40.000 Km ou 5 anos, o que vencer primeiro, noutras palavras utilizando um fluído homologado para a caixa, ou seja produto testado e aprovado pela MB, é um período relativamente muito curto para se adicionar algo com expectativa de melhorar a qualidade do fluído homologado.

Por outro lado, em hipótese, também não faz sentido aplicar por exemplo numa caixa dessas 722.6 um óleo barato qualquer sem homologação sabidamente de qualidade inferior e nele diluir um aditivo qualquer achando que vai melhorar a qualidade.

É o que penso à respeito.

_________________
equipe@portalmercedes.com
avatar
Antônio Elias
Moderador
Moderador

Número de mensagens : 13701
Data de inscrição : 24/07/2010
Interesses : Mercedes !!!
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Minas Gerais
Advertências : Sem restrição

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redutor de Atrito - IXL - compensa o uso em motores Mercedes?

Mensagem por ornei em Sab 8 Abr 2017 - 22:44



Antônio Elias, parece que estou conversando com um colega tribologista....grande dissertação!!! Impecável!!!

Apenas um comentário o IXL não é um aditivo para melhorar lubrificante, ele usa o lubrificante única e exclusivamente na função de leva-lo até a superfície metálica em átrio. Se sua função fosse melhorar o lubrificante obviamente sua química não combinaria com qualquer tipo de lubrificante.

Então, sua função se restringe a Condicionar os Metais em atrito, na profundidade de 3 ~ 5 microns, através de micro fluxo de partículas, que se desprendem do metal em atrito. Essa tecnologia também é utilizada na subsidiária da Castrol (Opitmol), porém o IXL agrega uma concentração infinitamente maior.

Claro que fabricantes de lubrificantes, e Montadoras não podem aconselhar uso de aditivo ao lubrificante, primeiramente: seria como dar um atestado de que os lubrificantes são ineficientes no equipamento, e não o são. Segundo: como saber se o aditivo combinaria com o lubrificante a ponto de melhora-lo para recomenda-lo? Terceiro: Não conheço nenhum tipo de aditivo no mercado mundial, que melhore o lubrificante seja sintético, mineral, semi-sintético, hidráulico e ai em diante.. combinando sua química com todos eles, e melhoraria o que?

Concluindo: Todos os lubrificantes recomendados pelos desenvolvedores de motores, transmissões, compressores de ar condicionado, direção hidráulica, rolamentos, turbinas e etc, e me refiro isso a Mercedes Bens, a qual a muito tempo tenho a maior admiração, não podem e não devem ser modificados.

Tenho absoluta certeza que o IXL não é um produto milagroso. Equipamento com folga, desgastado, batendo e por ai vai, o melhor remédio chama-se: oficina!!

Porém não podemos desprezar a possibilidade de conhecer ou experimentar uma tecnologia nova sem a conhece-la tecnicamente. Eu acreditei, estudei, e aprendi muito com esse produto, inclusive apanhando. E hoje até que me prove o contrario, uso e recomendo.
avatar
ornei
Usuário Iniciante
Usuário Iniciante

Número de mensagens : 6
Data de inscrição : 07/04/2017
Interesses : Mercedes
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Minas Gerais
Advertências : Sem restrição

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redutor de Atrito - IXL - compensa o uso em motores Mercedes?

Mensagem por Conteúdo patrocinado




Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum