Sobre as notícias de terceiros publicadas na íntegra

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sobre as notícias de terceiros publicadas na íntegra

Mensagem por Leo 722 em Seg 26 Set 2011 - 11:28

Percebo que alguns posts de notícias e curiosidades são copiados integralmente de outros sites e as fotos re-hospedadas em servidores como Imageshack.

Gostaria apenas de sugerir que não façam isso. Os sites que as publicam só conseguem manter a gratuidade do conteúdo devido aos anunciantes, que patrocinam o site em busca da audiência. Quando você publica um post de outro site na íntegra, as pessoas que o leem por aqui deixarão de visitar o site - é como ler uma revista na banca e devolvê-la à prateleira.

É diferente, também, da troca de informações que fazemos aqui, pois cada post pessoal é de autoria própria, basado em conhecimentos e experiências pessoais.

Para explicar como funciona um site que publica conteúdo relevante de qualidade sem cobrar nada, sugiro que leiam a explicação de um editor de sites brasileiro (os destaques em negrito foram feitos por mim aqui no Portal Mercedes):

http://www.jalopnik.com.br/conteudo/por-que-voce-precisa-clicar-nos-anuncios-do-seu-site-predileto-carta-aberta-aos-leitores-do

O Gizmodo Brasil é um veículo. Tanto quanto o Jalopnik Brasil. A Spicy Media, empresa da qual sou sócio, que licencia esses dois títulos junto à Gawker Media, a publishing house americana dona das duas marcas, é uma editora digital. Então todos nós aqui somos profissionais. Atuamos como uma empresa, da forma mais correta, eficiente e sustentável possível: contratamos os melhores talentos, no limite da nossa capacidade de identificá-los e de pagá-los, seja no flanco editorial, no comercial ou no da tecnologia. Pagamos royalties à editora dona das marcas, como se deve. Pagamos em dia salários e impostos, como se deve. Bem como todas as nossas obrigações com governos, fornecedores, bancos e parceiros. Gostamos de nos divertir e de divertir você, mas levamos nosso trabalho a sério para caramba. Não estamos aqui para brincar, apesar das risadas que gostamos de dar e de causar.

Com nossos veículos, prestamos serviço e nos relacionamos comercialmente com algumas das melhores e maiores empresas do Brasil e do mundo, e com as suas agências, que também estão entre as melhores e maiores por aqui e em nível global também. Sobretudo, temos mais de 700 000 visitantes únicos todo mês no Gizmodo para os quais temos que produzir o melhor, o mais útil, o mais relevante, o mais surpreendente e o mais divertido conteúdo da galáxia no que se refere à tecnologia, inovação, gadgets, tendências e mundo digital. Vale o mesmo para o Jalop – que com apenas três meses de vida já tem a metade do tamanho do Giz! Então, simplesmente não dá para ser amador. Não com quase 40 milhões de impressões sendo geradas todo mês no Giz e no Jalop. Não dá para fazer caseiramente, de modo pedestre, nas coxas, de qualquer jeito. E nem de modo juvenil, heróico, na base do improviso e do atropelo. Sabe por quê? Porque projetos construídos nessas bases costumam ter qualidade inferior. E não duram. A gente está aqui para fazer bem feito. E para durar.

Dirigi ao longo da minha carreira algumas das revistas mais prestigiosas do Brasil. Já naquela época, de vez em quando recebia mensagem de algum leitor reclamando do número de páginas de anúncios. Eu respondia que todo o valor embutido numa edição da Superinteressante ou de Capricho, as dezenas de pessoas envolvidas e as centenas de milhares de reais gastos, jamais poderia resultar num preço de capa de meia dúzia de reais – não fossem os anunciantes. Aqui, no mundo digital, esse argumento é ainda mais evidente: já que é dado que o conteúdo de internet não é cobrado do usuário, a própria existência do seu site favorito deve ser reputada em grande parte aos anunciantes que nele veiculam seus anúncios. Perceba: você jamais teria os 20 e poucos posts que publicamos todo dia no Giz, ou os quase 15 que publicamos diariamente no Jalopnik, com a excelência editorial de jornalistas como Brian Lam e Pedro Burgos, Ray Wert e Leo Nishihata, e suas respectivas equipes, com os furos nacionais e internacionais que garimpamos toda semana, se não tivéssemos conosco a Pepsi, a Ford, a Philips, a Goodyear, a SonyEricsson, o Bradesco Auto, a LG, a Vivo só para citar alguns dos anunciantes que estão no ar conosco nesse momento em que escrevo. Nosso objetivo é oferecer a você sempre a melhor experiência editorial com nossos veículos. Essa experiência, acredite, custa caro. And "there is no free lunch"…

A frase genial do Prêmio Nobel de Economia Milton Friedman me ajuda aqui. Não há almoço grátis. A economia é um emaranhado de intenções e de trocas entre indivíduos e empresas. Só é possível entregar a você, de graça, os quase 500 posts que o Gizmodo Brasil publica todo mês, por exemplo, porque há empresas interessadas em falar com você e com os outros 699 999 geeks que passam pelo Giz todo mês. Na hora em que você se recusar a conversar com essas marcas que gentilmente trazem o Giz e o Jalop até você, seu site favorito fecha. É simples assim. Fora, se você me permite dizer, que há um bocado de informação relevante sobre produtos e empresas, e de experiências interessantes de entretenimento, embutidas nas publicidades que veiculamos. Ignorá-las é, a meu ver, sem trocadilho, uma opção ignorante. (Sem falar no uso de ferramentas ad blockers, que é uma sabotagem silenciosa, um hara kiri perpetrado na surdina pelo leitor ao site que ele visita todo dia…)

Então, meu amigo e minha amiga tech lover e car lover, da próxima vez que você cruzar por um banner, nutra simpatia por ele. Agradeça pela presença dele entre nós. Clique nele – a taxa de cliques em anúncios é um quesito bem importante para o seu site favorito, viu? Você e eu temos temos uma dívida de gratidão com cada uma das mais de três dezenas de marcas que já anunciaram no Giz e no Jalop. Nossos anunciantes são nossos amigos, nossos parceiros, nossos patrocinadores – e tratá-los como intrusos ou presenças indesejáveis é a pior coisa que você pode fazer pelo seu site predileto.

Não estou pedindo para que vocês entrem nos sites e saiam clicando, mas acho que seria mais ético de nossa parte se não reproduzíssemos o conteúdo integralmente, e sim conduzíssemos nossos confrades ao site onde a informação foi originalmente publicada. Eles nos deram conteúdo relevante, interessante, de qualidade, sem cobrar nada. O mínimo que podemos dar em troca é um acesso ao site para ler o que foi escrito.

Espero que compreendam a questão.

Sugiro que posts de terceiros sejam publicados aqui com, no máximo, um parágrafo mais relevante e algo como "leia mais no site original" ou "leia o texto original" seguido do hyperlink para o texto original.

Senão todos perdem.

Leo 722
Usuário Iniciante
Usuário Iniciante

Número de mensagens : 29
Data de inscrição : 27/02/2011
Sexo : Masculino País : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sobre as notícias de terceiros publicadas na íntegra

Mensagem por Convidad em Seg 26 Set 2011 - 11:33

Colocar a fonte eu acho correto.

Existe uma troca, se nós reproduzimos totalmente ou parcialmente uma reportagem e colocamos o link, criamos audiencia também para o outro site, porque temos milhares de membros que vão conhecer o terceiro site por causa da nossa postagem. É interessante para ambos os sites.

Agora todo o nosso trabalho é gratuito diferente dos argumentos que voce apresenta, que são de uma empresa que tem por objetivo o lucro.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sobre as notícias de terceiros publicadas na íntegra

Mensagem por Leo 722 em Seg 26 Set 2011 - 11:49

João, acho que houve um desencontro.
Não falei do trabalho gratuito aqui. O que aconteceu foi que critiquei a falta de links nos posts do França pois isso atrapalhava a audiência do site e o post não foi escrito "de graça" (no site original). Até as fotos foram copiadas para outro servidor - o que também "rouba" audiência, pois não há como rastrear as leituras.

Quando você falou que aqui tudo é de graça, respondi que é de graça por que não pagamos nada (afinal é tudo gerado aqui). Mas quando vem de fora, acho essencial estimular o usuário do fórum a visitar o link para o material original. No caso do post da Red Pig, o site Jalopnik Brasil indica 2700 leituras e os anunciantes veem 2700 leituras, mas somando os mais de 400 confrades que leram (e não encontraram link para o original) teríamos mais de 3000 leituras.

Por curiosidade, procurei o texto em outras fontes no Google, e havia outros seis fóruns onde ele foi reproduzido sem link. Se cada um desses fóruns teve 400 leituras como neste, são 2400 leituras, ou seja, a abrangência do material chegou a mais de 5000 leituras, mas os anunciantes acham que não chega a 3 mil. É compreensível que há um prejuízo.

Que bom que você concorda ao menos com o link da fonte, pois foi exatamente essa ausência que me trouxe a esse post de sugestão.

Acrescento apenas que é desnecessário re-hospedar as imagens por razões que já citei antes.


Leo 722
Usuário Iniciante
Usuário Iniciante

Número de mensagens : 29
Data de inscrição : 27/02/2011
Sexo : Masculino País : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sobre as notícias de terceiros publicadas na íntegra

Mensagem por Guest em Seg 26 Set 2011 - 12:05

Leo722

Voce com 18 miseros posts, sendo 2 destes sobre direitos de uso de materias, imagens, quantidades de clicks...isso mais me parece mais um Webanalytics fan do que um MBfan....

Os posts do França sao sempre legais e independente de citarem ou nao a fonte, sempre citam as beneces dos veiculos Mercedes Benz com espaco livre para respostas e comentarios....

Voce esta preocupado com clicks a mais que o site jalopink poderia ter??? Que que eh isso merrrrrmao!!!!!...Vais vender banners e promos de produtos atraves do site e ganhar uns $$$???!!!

Acrescento apenas que é necessário re-hospedar as imagens por razões tais quais onde o local inicial das mesmas pode vir a ser corrompido, a pessoa dona do jalopink por exemplo mude o local de hospedagem..sei la...perde-se o conteudo. Ate pouco tempo atras tivemos um caso muito similar aqui no forum onde um confrade hospedou uma serie de catalogos de venda de Mercedes e num desentendimento com alguns outros confrades, este hospedeiro veio a retirar o link por nao mais poder acessa-lo no forum, o que causou um melindre e estresse desnecessario e ingratissimo!

Portanto, hoje, eu tenho a cada vez mais a certeza que as imagens precisam ser hospedadas por aqueles que sempre estarao aqui pelo forum e que sao gratissimos, carissimos e queridissimos, por aqui, como eh o caso do nosso confrade França, um dos unicos com paciencia para ir atras das novidades da Mercedes Benz, os nossos confrades UlyssesV8, o proprio Joao que sempre de forma ludica e perene vem dado continuidade a este que sem duvida é o melhor e mais conciso forum em lingua portuguesa, que conta graças a ele e seus criadores com AUSENCIA de POP-UP animado, assinatura poluida, GIF animado, banners, propaganda e toda traaaaalha de poluicao visual que pode assolar os foruns e websites!!!


Abrasssss,

O Nao exatamente fan do Ad Banner e do WebAnalytics

Guest
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sobre as notícias de terceiros publicadas na íntegra

Mensagem por Leo 722 em Seg 26 Set 2011 - 12:20

O Jalopnik não é de uma pessoa. É uma empresa que sobrevive publicando posts como estes copiados integralmente. Leia o texto que citei acima.

Não há almoço grátis nessa história. Ou você retribui a informação com visitas ao site, ou o site morre e esse tipo de informação para de existir. E aí teremos um monte de moleques que não entende nada de Mercedes-Benz se metendo a escrever posts sobre ela.

Já pensou uma internet cheia de post sobre a "Mercedez" (até doi os olhos)?

Leo 722
Usuário Iniciante
Usuário Iniciante

Número de mensagens : 29
Data de inscrição : 27/02/2011
Sexo : Masculino País : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sobre as notícias de terceiros publicadas na íntegra

Mensagem por Convidad em Seg 26 Set 2011 - 12:23

Almoço gratis é só aqui.

Já entendemos a sua preocupação e vamos recomendar a todos que coloquem os links, porem não podemos esquecer que isso irá depender da boa vontade de quem fizer o post.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sobre as notícias de terceiros publicadas na íntegra

Mensagem por Convidad em Seg 26 Set 2011 - 12:43

Temos milhares de colaboradores e podemos sugerir que os links sejam colocados, totalmente diferente de uma empresa que tem 02 reporteres e que pode com certeza controlar tudo.

O post está bloqueado.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sobre as notícias de terceiros publicadas na íntegra

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 11:40


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum