Barreira psicológica aos 100.000km?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Barreira psicológica aos 100.000km?

Mensagem por gfranco em Dom 6 Nov 2011 - 0:48

Olá pessoal,
ainda estou ensaiando a minha entrada no mundo Mercedes, mas ao longo dos últimos tempos garimpando anúncios de todos os tipos de estrelas me deparei com um padrão que se repete com frequência, que é o anúncio de carros com exatos 100mil quilômetros, com 99.900km, ou com 100.010km...ou seja, quando o carro está para romper este número ou acabou de romper, o proprietário o coloca à venda.
O que me fez pensar se, de fato existe uma mega-desvalorização pelo fato do carro ter passado dos tradicionais 5 dígitos, ou se isso é apenas uma barreira psicológica?

Alguém teria algum dado concreto que demonstrasse o quanto a quilometragem além dos 100.000 influencia no valor e na facilidade ou dificuldade de vender um veículo?!

Abraços,

Gustavo.

gfranco
Usuário Bronze
Usuário Bronze

Número de mensagens : 131
Data de inscrição : 06/08/2011
Sexo : Masculino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barreira psicológica aos 100.000km?

Mensagem por EfBauru em Dom 6 Nov 2011 - 1:14

Prezado gfranco,
Acredito que, mais que um número no hodômetro, o que vale é o estado do automóvel.
Tanto pode-se encontrar um veículo com baixa kilometragem mas "judiado" como se pode encontrar um veículo com a km mais alta e o mesmo estar em ótimas condições. Tudo depende da maneira como o mesmo foi mantido pelos seus proprietários!
Esqueça essa coisa da km (dentro de alguns padrões, é claro) e seja feliz.
Um abraço


EfBauru
Usuário Platina
Usuário Platina

Número de mensagens : 1330
Data de inscrição : 10/03/2011
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barreira psicológica aos 100.000km?

Mensagem por LRValente em Dom 6 Nov 2011 - 8:51

gfranco,

Estou com o Jaguar, tudo depende de como o carro foi tratado.
Eu por exemplo adquiri uma C230K 98, para uso diário, em fevereiro deste ano, o carro estava com 101.000 km, já rodei 12.000 km e o carro está melhor do que quando comprei.
Com manutenção em dia, troca de óleo dentro dos prazos, você terá carro para muitos 6 dígitos no hodômetro.
Recentemente levei meu sogro para um passeio, ele se surpreendeu com o estado geral do carro, e principalmente a ausência de barulhos vindo da suspensão. Ele está acostumado com carros médios nacionais que com 60.000 km invariavelmente parecem uma batedeira.

Hoje em dia o que mais pode preocupar, é a eletrônica, pois a pane em um módulo, pode custar algumas dezenas de $$$. Do mais, vá para o abraço e seja feliz.

LRValente
Usuário Platina
Usuário Platina

Número de mensagens : 1586
Data de inscrição : 12/11/2007
Sexo : Masculino País : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barreira psicológica aos 100.000km?

Mensagem por frances em Dom 6 Nov 2011 - 12:43

Acho que o que conta num carro com mais de 10 anos e a conservação e manutenção resto e resto....claro, sem contar a qualidade das peças que foi construído, afinal carros nacionais com 10 anos, já estão bem acabadinhos...infelizmente.

Só para ilustrar passei numa mecânica na semana passada, estava uma Dodge Ram 2008 fazendo o cambio com 50.000 kms (apesar de ser importado) e outra Vectra 2007 fazendo motor e cambio com 60.000 kms !!!!

frances
Usuário Prata
Usuário Prata

Número de mensagens : 441
Data de inscrição : 17/11/2009
Sexo : Masculino País : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barreira psicológica aos 100.000km?

Mensagem por Convidad em Dom 6 Nov 2011 - 19:08

O problema é que é raríssimo encontrar um carro a venda, ainda mais em loja com mais de 100.000km rodados, mas na pratica sabemos que eles existem aos montes. Isso sem falar nos que desligam o hodometro para manter o carro sempre "novo".
Pensando-se em MB eu acho que a marca dos 300.000km é que deve inspirar alguns cuidados. A minha tem 100.700km e está perfeita.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barreira psicológica aos 100.000km?

Mensagem por Fresser em Dom 6 Nov 2011 - 19:22

A minha E 320 Cabrio está com 245.000 no hodômetro e está perfeita. Não é a quilometragem que conta, mas a manutenção que o carro recebeu durante a sua vida.

Abraços

Fresser
Usuário Ouro
Usuário Ouro

Número de mensagens : 967
Data de inscrição : 19/10/2007
Sexo : Masculino País : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barreira psicológica aos 100.000km?

Mensagem por pedroftalmo em Dom 6 Nov 2011 - 19:28

João.
Fiquei curioso, o que acontece na faixa de 300.000 km ?

pedroftalmo
Usuário Platina
Usuário Platina

Número de mensagens : 1843
Data de inscrição : 14/12/2010
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Bahia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barreira psicológica aos 100.000km?

Mensagem por leodias15 em Dom 6 Nov 2011 - 19:29

A minha c280 está com 130 mil km e está zerada, e como o Fresser disse,

Não é a quilometragem que conta, mas a manutenção que o carro recebeu durante a sua vida.

leodias15
Usuário Prata
Usuário Prata

Número de mensagens : 483
Data de inscrição : 16/06/2011
Sexo : Masculino País : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barreira psicológica aos 100.000km?

Mensagem por Convidad em Dom 6 Nov 2011 - 19:31

Sei lá, até hoje pessoalmente só vi uma 114 com essa KM e estava perfeita. Mas considerando que 400.000km é o numero que a maioria coloca como a primeira retífica, fica o alerta, que conforme o que o cidadão roda, nos proximos anos terá que fazer a retifica do motor.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barreira psicológica aos 100.000km?

Mensagem por ZIG MASTER em Dom 6 Nov 2011 - 20:25

Apenas para acrescentar; existem relatos de motores M110 com mais de 1 milhão de Kms rodados.

ZIG MASTER
Usuário Platina
Usuário Platina

Número de mensagens : 4780
Data de inscrição : 19/03/2008
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : São Paulo

http://zig.master@terra.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barreira psicológica aos 100.000km?

Mensagem por Maluhy em Dom 6 Nov 2011 - 21:13

Resumindo, km não quer dizer nada mesmo.... Shocked

_________________
Consultor Técnico FMBB

Peças para importados
Consultoria pré-compra  

Contatos:
21-970061008 NEXTEL
21-980304994 TIM Zap
rmaluhy@yahoo.com



Mercedes mit knapp über 4 Meter ...

Maluhy
Consultor Técnico
Consultor Técnico

Número de mensagens : 10471
Data de inscrição : 21/10/2007
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barreira psicológica aos 100.000km?

Mensagem por António Júlio em Dom 6 Nov 2011 - 21:29

Bom, à minha w126 fiz o motor no inicio do ano com 300 e tantos mil km, a w163 já passou os 230 mil/km e a w203 com 190 mil/km. A w126 acaba por ser um carro de trabalho, chegando a fazer mais de 100km dentro da cidade por noite. A w163 é tambem de uso diário e não me assusta em nada os km, é como o vinho do Porto, quanto mais "velho" melhor! Motores MB com manutenções regulares fazem sem grandes dores de cabeça muitos milhares de km, acima da media qualquer nacional.

António Júlio
Usuário Platina
Usuário Platina

Número de mensagens : 2953
Data de inscrição : 19/04/2009
Sexo : Masculino País : Portugal
Estado : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barreira psicológica aos 100.000km?

Mensagem por GAUDERIO em Seg 7 Nov 2011 - 21:00

Estou com o Maluhi, Km não significa nada mesmo.
Apenas para ilustrar, vejam o link com os relatos:

http://www.carroo.org/viewtopic.php?f=100&t=84

Abraço

GAUDERIO
Usuário Ouro
Usuário Ouro

Número de mensagens : 682
Data de inscrição : 13/06/2011
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barreira psicológica aos 100.000km?

Mensagem por gfranco em Seg 7 Nov 2011 - 22:54

Eu concordo que a quilometragem realmente não quer dizer muita coisa, se não for acompanhada de um bom histórico de manutenção.
O que eu fico curioso é em saber porque existem tantos carros à venda com exatos 100.000km ou muito próximo deles!
Já vi inclusive muita gente falando: esse carro pretendo usar bem, vou usar até os 100 mil quilômetros e depois vendo...como se os 100 mil fossem meio que o fim da vida útil do carro.

Abs e parabéns aos que mantém seus clássicos melhores do que muito carro novo!

gfranco
Usuário Bronze
Usuário Bronze

Número de mensagens : 131
Data de inscrição : 06/08/2011
Sexo : Masculino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barreira psicológica aos 100.000km?

Mensagem por CMC em Seg 7 Nov 2011 - 23:21

grfranco:
Antigamente existia uma lenda urbana(sem qualquer fundamento científico) de que os motores nacionais duravam apenas 100.000 km.
As fábricas fazem estimativas médias para a durabilidade de seus motores, mas na prática o que faz a durabilidade é como os confrades dizem, é a manutenção preventiva e o bom uso do carro.
Nos anos 80, a VW dizia que os motores AP duravam até 150.000 km.No entanto, viram-se casos de durar bem menos e durar bem mais.
Dizem que os MB chegam aos 500.000 fácil, desde que sejam bem cuidados, e acredito mesmo.
Afinal, se até motores inferiores, mais antigos, nacionais conseguem ultrapassar este valor se bem cuidados(como um Polara que tive , que foi fazer sua primeira retífica aos 576.000 km) , um motor MB, pela sua prória excelência e sangue azul, em mãos zelosas tem que chegar a muito mais !
Por outro lado, muita gente vende carros nesta marca, não por que achem que o motor esteja no final de sua duração, mas porque acham que a partir daí vão começar a quebrar com frequencia, o que novamente não tem fundamento.O problema é que a maioria dos donos de carros comuns é desleixada, não faz manutenção preventiva alguma, e só levam na oficina quando o carro deixa eles no meio da rua ou da estrada.É a manutenção corretiva.Porém, isto diminui muito a durabilidade do motor, porque o desgaste de um componente leva ao desgaste prematuro de outros, e aí os problemas se tornam recorrentes.Se as peças forem sempre trocadas nas datas e quilometragens certas, as peças estarão sempre novas, é como estar com o carro sempre zero km.Tem gente que confunde manutenção preventiva com quebrar muito, e novamente não tem nada a ver.Na verdade é esta filosofia de muita gente de que "todo carro tem obrigação de receber gasolina sempre e óleo e água de vez em quase nunca e continuar rodando sem quebrar", e que isto seja sinônimo de carro bom, é que tem que acabar!
Lembre-se que, com os preços de muitos modelos MB usados abaixando,(como a 202,por exemplo),muita gente que antes só teve carros comuns estão comprando MB's usadas, com a mentalidade de que terão manutenção de Monza na cabeça, e você pode imaginar em que estado estarão estas 202 e outros modelos que tiveram a infelicidade de cair em mãos displiscentes, como estarão daqui a dez , quinze anos...
Sem falar naqueles que trocam motores originais por de opala e monza, uma heresia !

CMC

CMC
Usuário Platina
Usuário Platina

Número de mensagens : 1290
Data de inscrição : 03/03/2009
Sexo : Masculino País : Brasil

http://www.sensibilidadedeescrever.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barreira psicológica aos 100.000km?

Mensagem por Antônio Elias em Ter 8 Nov 2011 - 0:28

Gfranco,

Pelo pouco que ouço, acho que essa preocupação de vender aos 100 mil Km existe sim em alguns casos isolados típicos para livrar-se de problemas e todo cuidado é pouco na hora de comprar, pois é claro que nem todos agem assim.

Creio que a essa situação existe naquele perfil de dono que se percebe de cara que não tem um histórico sequer de manutenção do carro, nunca se preocupou com períodos de troca de óleo, acha que trocar líquido de arrefecimento e fluídos é besteira, que trocar disco de freio é pura balela, enfim aquele vendedor que numa conversa se percebe que o dono não gasta com manutenção, não tem mecânicos de referência, não sabe nem onde está Manual e nem a chave reserva ou se ela existe e ainda acha que colocando uma Mercedes à venda antes nessas condições vai encontrar algum comprador desavisado para livrar-se de problemas acumulados.

Se a questão para esse seleto grupo é não fazer a manutenção dos 100.000 Km, sinceramente, já antecipei parte das manutenções nas minhas MB que seriam feitas bem adiante nessa Km e quando o carro é bom e bem mantido, não há gasto astronômico para assustar, muito pelo contrário, certos carros nacionais me davam muito mais trabalho e oficina.

Creio que escolhendo uma Mercedes com histórico confiável e dono cuidadoso, concordo portanto com os demais confrades, a Km é o de menos a se observar numa Mercedes usada!

Sucessos na busca e confie a avaliação pré-compra a um bom reparador que conheça da marca.

Abraços,


Antônio Elias
Moderador
Moderador

Número de mensagens : 11807
Data de inscrição : 24/07/2010
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Minas Gerais

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barreira psicológica aos 100.000km?

Mensagem por leodias15 em Ter 8 Nov 2011 - 0:32

Meu pai teve uma Caravan que rodou 9999999 km e voltou a 0km rsrsrs, mas não me lembro muito bem dela.

leodias15
Usuário Prata
Usuário Prata

Número de mensagens : 483
Data de inscrição : 16/06/2011
Sexo : Masculino País : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barreira psicológica aos 100.000km?

Mensagem por leodias15 em Ter 8 Nov 2011 - 0:42

só que obviamente não foi ele que andou tudo isso.

leodias15
Usuário Prata
Usuário Prata

Número de mensagens : 483
Data de inscrição : 16/06/2011
Sexo : Masculino País : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barreira psicológica aos 100.000km?

Mensagem por PAULO BRITO em Ter 8 Nov 2011 - 7:25

Aqui onde estou, o pessoal tambem tem a tal de barreira psicológica..... só que deve ser lá pelos 300.000 km. Tem centenas Mercedes e Volvo dos anos 70/80/90 rodando duro no dia a dia.

PAULO BRITO
Usuário Platina
Usuário Platina

Número de mensagens : 1937
Data de inscrição : 16/06/2009
Sexo : Masculino País : Austrália
Estado : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barreira psicológica aos 100.000km?

Mensagem por Lobo em Sex 25 Nov 2011 - 13:47

Sao diesel mas :

W123T 300 turbo comprada em leilao com 270mil Km precisou de retifica (sabe-se lah como havia sido cuidada ateh entao)

W124 300 turbo comprada dos primeiros donos com quase 200mil Km, jah passou dos 300mil Km e segue firme e forte

Lobo
Usuário Platina
Usuário Platina

Número de mensagens : 1405
Data de inscrição : 22/10/2007
Sexo : Masculino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barreira psicológica aos 100.000km?

Mensagem por Gabriel França em Seg 20 Jan 2014 - 14:10

Desenterrando tópico……rs farao  farao 

Minha Mãe acaba de ultrapassar a barreira dos 300 mil km com seu Suzuki Vitara e o carro continua intacto, pega de primeira e não fuma, nada de manutenções caras, apenas troca óleo e filtro a cada 5 mil km…..

E isso que to falando de um “motorzinho” 1,6 suzuki, nemmmmm se compara aos 2.8 6 cil em linha das 202…..

Gabriel França
Usuário Bronze
Usuário Bronze

Número de mensagens : 58
Data de inscrição : 19/04/2012
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barreira psicológica aos 100.000km?

Mensagem por Carlo Manfredini em Sab 15 Mar 2014 - 12:10

Eu já tive Caravan, Monza, Tempra, Omega, S10 2010 etc... E sempe cuidei muuuito de meus carros. O monza classic 1990, vendi pelas minhas contas, com mais de 500.000 km, sem ranger, bater ou fumar. Estava liso, de lata, acabamento etc. Realmente o cuidado é o que manda.

Carlo Manfredini
Usuário Iniciante
Usuário Iniciante

Número de mensagens : 7
Data de inscrição : 08/03/2014
Sexo : Masculino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barreira psicológica aos 100.000km?

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 9:32


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum