Mercedes-Benz B55 AMG 2011

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mercedes-Benz B55 AMG 2011

Mensagem por Pedroalexrj em Dom 21 Jun 2015 - 20:27



Achei esse modelo aqui...CONCEPT...num site...resolvi compartilhar...
Até que ficou bem louco...
abs. a todos.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

What is it?

The B55 is not a regular Mercedes-Benz model. Nor is it being considered for sale – not now or at any time in the future. Sadly, I should add. Because this wild take on the otherwise wholesomely conservative B-class, created by a team of trainees at Mercedes' Rastatt factory in Germany, is an absolute riot.
As its name suggests, the superbly constructed one-off prototype is well removed from the standard B-class. Having started off life as a humble B200 CDI, it has been liberated from its standard turbocharged 2.0-litre four-cylinder diesel engine. Shoehorned into its place and other areas of the engine bay is Mercedes’ recently superseded 5.5-litre petrol V8 packing an added 243bhp at 383bhp and 170lb ft more torque at 391lb ft.

Tradução (Google)
A B55 não é um modelo Mercedes-Benz regular. Também não é considerado para venda - não agora ou em qualquer momento no futuro. Infelizmente, devo acrescentar. Porque este selvagem assumir o caso contrário wholesomely conservador de classe B, criado por uma equipe de estagiários na Mercedes "Rastatt fábrica na Alemanha, é um motim absoluto.

Como o próprio nome sugere, o soberbamente construído one-off protótipo é bem removido da classe B padrão. Tendo começado a vida como um humilde B200 CDI, foi libertado do seu 2.0 litros turbocharged motor diesel de quatro cilindros padrão. Shoehorned em seu lugar e em outras áreas do compartimento do motor Mercedes é 'substituída recentemente 5,5-litro a gasolina V8 embalagem um 243bhp adicionado a 383bhp e £ 170 ft mais torque em £ 391 ft.

What's it like?

Just how the new engine fits under the heavily sloping bonnet and within the tight confines of the compact MPV using the original mounts and without any modification to the standard steel body structure remains somewhat of a mystery, but with polished chrome inlet plumbing and other visual tweaks, it certainly looks the goods.
It sounds it, too. Turn the key and you’re treated to a deliciously throaty soundtrack thanks to a new exhaust system created from various replacement parts that does without the usual silencers and back-pressure reducing trickery. If you didn't know, you could be forgiven for thinking it was the product of AMG, which apparently had no direct input into the new car.
The engine is not the only highlight. Mercedes' trainees have also ditched the B-class's front-wheel drive layout for rear-wheel drive, running a propshaft from its new seven-speed automatic gearbox under the flat floor towards the rear where it mates with an axle from the old E430 Estate; Its 1540mm rear track allowed them to retain standard rear bodywork but required new pick-up points for the rear multi-link suspension and a smaller fuel tank.
To cope with the increased performance, it also adopts the brakes from the decade-old C32 AMG with 345mm discs up front and 300mm at the rear. Because of the limited development, though, there's no traction control or stability program to corral the engine's reserves.
The result is a driving experience quite unlike any other B-class – unlike any other Mercedes, for that matter. Without registration for road use, we used the Rastatt test track to determine the B55 is more than mere show. It also possesses surprisingly mature dynamic properties.
With an extra 15kg placed over the front axle compared to the B200 CDI, weight distribution definitely favours the front end. But there is sufficient balance and grip to allow you to attack corners with real gusto. Apart from a lack of self-centring with the steering, whose packaging has been compromised by the need to give up so much space to the engine and thus runs a smaller hydraulic pump than is perhaps required, the B55 also steers accurately, rides with impressive comfort and is free of any obvious vices.
With a kerb weight of 1620 – 180kg more than the B200 CDI – it is decently quick in a straight line. Andreas Wurz, a foreman in the technical vocation training department at Rastatt largely credited with the idea behind the new car, reckons it should be good for 0-62mph in under six seconds when he finally gets around to strapping some measuring equipment to it. He's lying, of course. This thing will easily run in the low five-second bracket.
The B55 looks rather striking for what is essentially a high-powered MPV. As you can see, Mercedes' team of trainees managed to package the new engine and driveline without any obvious changes to the standard B-class body – a remarkable achievement given the major driveline modifications that have taken place underneath. But with a lowered ride height and 18-inch wheels – 8 inches wide up front and 9 inches at the rear, shod with 235/40 (front) and 255/35 (rear) profile tyres and two centrally mounted chrome tailpipes it possesses a much more aggressive stance than its standard sibling.


Tradução (Google)
Apenas como o novo motor se encaixa sob o capô fortemente inclinado e dentro dos limites apertados do MPV compacto usando os suportes originais e sem qualquer modificação da estrutura do corpo de aço padrão permanece um mistério, mas com polido encanamento entrada de cromo e outros ajustes visuais , certamente parece a mercadoria.

Parece, também. Gire a chave e você é tratado com uma trilha sonora gutural deliciosamente graças a um novo sistema de escape criado a partir de várias peças de reposição que faz sem as habituais silenciadores e back-redutora de pressão trapaça. Se você não sabe, você poderia ser perdoado por pensar que era o produto da AMG, que aparentemente não tinha entrada direta no carro novo.

O motor não é o único destaque. Trainees Mercedes também abandonou o layout de tração dianteira do B-class para tração traseira, a execução de um eixo de articulação da sua nova caixa de câmbio automática de sete velocidades sob o piso plano para a parte traseira onde ele acasala com um eixo a partir da antiga E430 Estate ; Sua 1,540 milímetros faixa traseira lhes permitiu manter lataria traseira padrão, mas necessários novos pontos de coleta para a suspensão traseira multi-link e um tanque de combustível menor.

Para lidar com o aumento da performance, ela também adota o freio a partir da década de idade C32 AMG com 345 milímetros discos para cima frente e 300 milímetros na parte traseira. Por causa do desenvolvimento limitado, no entanto, não há controle de tração ou programa de estabilidade para encurralar as reservas do motor.

O resultado é uma experiência de condução completamente diferente de qualquer outra classe B - diferente de qualquer outro Mercedes, para essa matéria. Sem registro para utilização em estrada, foi utilizado o teste rasto Rastatt para determinar a B55 é mais do que mera show. Ele também possui propriedades dinâmicas surpreendentemente maduros.

Com um adicional 15 kg colocado sobre o eixo dianteiro em comparação com o B200 CDI, distribuição de peso definitivamente favorece a extremidade dianteira. Mas há equilíbrio e aderência para permitir que você atacar cantos com entusiasmo verdadeiro suficiente. Para além de uma falta de auto-centramento com a direcção, cuja embalagem foi comprometida pela necessidade de dar tanto espaço para o motor e, portanto, corre uma bomba hidráulica menor do que talvez seja necessário, o B55 também dirige com precisão, passeios com impressionantes conforto e é livre de quaisquer vícios óbvios.

Com uma tara de 1620 - mais do que o CDI B200 180 kg - é decentemente rápido em uma linha reta. Andreas Wurz, um capataz no departamento de treinamento vocacional técnico em Rastatt creditado pela maior parte com a idéia por trás do novo carro, avalia ele deve ser bom para 0-62mph em menos de seis segundos, quando ele finalmente fica em torno de cintas de alguns equipamentos de medição a ele. Ele está mentindo, é claro. Essa coisa vai facilmente executar no menor nível em cinco segundo suporte.

O B55 parece bastante impressionante para o que é essencialmente um MPV high-powered. Como você pode ver, a equipe Mercedes 'dos ​​formandos conseguiram empacotar o novo motor e sistema de transmissão sem quaisquer alterações óbvias para o corpo de classe B padrão - um feito notável dadas as grandes modificações driveline que tiveram lugar por baixo. Mas com um passeio abaixada altura e rodas de 18 polegadas - 8 polegadas de largura na frente e 9 polegadas na traseira, calçadas com 235/40 (frente) e 255/35 (traseira) pneus de perfil e duas saídas de escape cromadas montadas centralmente possui um postura muito mais agressiva do que seu irmão padrão.

Should I buy one?

Sadly, though, it'll never progress beyond this prototype. But with a new, second-generation B-class due out at the Frankfurt motor show in September, it is a fitting way to send off the first-generation of Mercedes' popular compact MPV.


Devo comprar um?


Infelizmente, porém, ele nunca vai progredir além deste protótipo. Mas com uma nova, segunda geração de classe B deve ser lançado no Salão Automóvel de Frankfurt em setembro, é uma maneira apropriada de enviar a primeira geração do monovolume compacto popular, Mercedes '.

Greg Kable

Mercedes-Benz B55

Price: na; Top speed: 155mph (limited); 0-62mph: 5.2sec (est); Economy: na; CO2: na; Kerb weight: 1620kg; Engine: V8, 5461cc, petrol; Power: 383bhp at 6000rpm; Torque: 391lb ft at 2800rpm; Gearbox: 7-spd automatic
(Preço: na; Velocidade máxima: 155 mph (limitado); 0-62mph: 5.2sec (est); Economia: na; CO2: nd; Tara: 1,620 kg; Motor: V8, 5461cc, gasolina; Potência: 383bhp às 6000rpm; Torque: £ 391 pés em 2800rpm; Caixa de câmbio: 7-SPD automática)






Última edição por Antônio Elias em Dom 21 Jun 2015 - 20:56, editado 2 vez(es) (Razão : Inclusão de tradução básica do texto para compreensão conforme regras (via Google Tradutor))

_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
                                    PedroAlexRJ   -   W202   -   C36 -  AMG   -   1996   -   ´BlackSeries´
avatar
Pedroalexrj
Moderador
Moderador

Número de mensagens : 5693
Data de inscrição : 13/08/2010
Interesses : MB's...'carros' e etc...
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Rio de Janeiro
Advertências : Sem restrição

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercedes-Benz B55 AMG 2011

Mensagem por Antônio Elias em Dom 21 Jun 2015 - 21:04



Ótimo post Pedrão!
Pena que o V8 fica muito "espremido" no compartimento da máquina do Classe B, apimentado e ousado mesmo esse protótipo, um foguete, acho que o L4 turbo do A45 seria o ideal nessa carroceria.
Abraços,

_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
Antônio Elias
Moderador
Moderador

Número de mensagens : 13641
Data de inscrição : 24/07/2010
Interesses : Mercedes !!!
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Minas Gerais
Advertências : Sem restrição

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercedes-Benz B55 AMG 2011

Mensagem por mlcaffaro em Dom 21 Jun 2015 - 21:47



Quem me dera ter um desses.... mas ja estou feliz com a minha b180 2011 :)
avatar
mlcaffaro
Usuário Bronze
Usuário Bronze

Número de mensagens : 76
Data de inscrição : 22/04/2008
Interesses : Mercedes-Benz
Sexo : Masculino País : Brasil
Advertências : Sem restrição

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercedes-Benz B55 AMG 2011

Mensagem por wlemes em Seg 22 Jun 2015 - 10:45



Caramba!!!! Se já acho a B200 TURBO um foguete... Imagina só neste motorzão v8!

Adorei o volante deste protótipo...  (Uma das coisas q não acho lindo na B200)
avatar
wlemes
Usuário Prata
Usuário Prata

Número de mensagens : 308
Data de inscrição : 03/05/2015
Interesses : Carros
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : São Paulo
Advertências : Sem restrição

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum