Gasolina Podium - vantagens para Classe A W168?

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Correct 2

Mensagem por Maluhy em Seg 16 Jun 2008 - 22:57

GR,infelizmente vc tb está certíssimo..... Evil or Very Mad

Guilherme Ricardo escreveu:Vcs estão enganados, com relação a Podium não ser adulterada... :na: Qualquer gasolina pode ser adulterada, basta apenas a ganância do dono do posto!!! :pn:

_________________
Consultor Técnico FMBB

Peças para importados
Consultoria pré-compra  

Contatos:
21-970061008 NEXTEL
21-980304994 TIM Zap
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Mercedes mit knapp über 4 Meter ...

Maluhy
Consultor Técnico
Consultor Técnico

Número de mensagens : 10471
Data de inscrição : 21/10/2007
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gasolina Podium - vantagens para Classe A W168?

Mensagem por Andre Buss em Ter 17 Jun 2008 - 7:03

Aqui em Blumenau tinha um posto adulterando, ai só de curioso fui lá pedi para encher um vidro com podium dizendo que eu ia socorrer uma moto.
Deixei a gasolina no pote paradinha uns 5 dias, e de transparente foi ficando um amarelo XIXI. hehehehehehehehehe

Andre Buss
Usuário Platina
Usuário Platina

Número de mensagens : 5697
Data de inscrição : 26/11/2007
Sexo : Masculino País : Estados Unidos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Gasolina Automotiva

Mensagem por José Márcio em Seg 23 Jun 2008 - 0:10

Gasolina Automotiva:

O que é Gasolina?

A gasolina é um combustível constituído basicamente por hidrocarbonetos e, em menor quantidade por produtos oxigenados. Os hidrocarbonetos que compõem a gasolina (hidrocarbonetos aromáticos, olefínicos e saturados) são, em geral, mais “leves” do que aqueles que compõem o óleo diesel, pois são formados por moléculas de menor cadeia carbônica (normalmente cadeias de 4 a 12 átomos de carbono). Além dos hidrocarbonetos e dos oxigenados, a gasolina contém compostos de enxofre, compostos de nitrogênio e compostos metálicos, todos eles em baixas concentrações.

A gasolina básica (sem oxigenados) possui uma composição complexa. A sua formulação pode demandar a utilização de diversas correntes nobres oriundas do processamento de petróleo como nafta leve (produto obtido a partir da destilação direta do petróleo), nafta craqueada que é obtida a partir da quebra de hidrocarbonetos mais pesados (gasóleos), nafta reformada (obtida de um processo que aumenta a quantidade de substâncias aromáticas), nafta alquilada (de um processo que produz iso-parafinas de alta octanagem a partir de iso-butanos e olefinas), etc.

Embora chamada de gasolina o produto comercializado nos postos de serviços no Brasil é uma mistura de gasolina com álcool etílico anidro (tecnicamente conhecida como gasohol), numa proporção que pode variar de 20 a 24+/-1% em volume.

Cerca de 98% da gasolina brasileira são produzidos nas refinarias da Petrobras. Os 2% restantes são produzidos em duas refinarias privadas: Manguinhos no Rio de Janeiro e Ipiranga no Rio Grande do Sul. Atualmente, além das refinarias, as gasolinas, por determinação da ANP, também podem ser produzidas por Centrais Petroquímicas (Copene, Copesul, PQU etc.).O álcool é produzido por mais de uma centena de destilarias particulares localizadas principalmente no estado de São Paulo e na região Nordeste.

A Gasolina atualmente disponibilizada em nosso país para o consumidor final e que é comercializada pelos postos revendedores é aquela que possui compostos oxigenados em sua composição, normalmente, álcool etílico anidro. Em épocas de crise no abastecimento de álcool etílico, quando a produção da indústria alcooleira não é suficiente para atender à demanda de etanol anidro, outros compostos oxigenados, como o MTBE (Metil Tec-Butil-Éter) e metanol (álcool metílico) poderão, após aprovação Federal, estar presentes na gasolina disponível aos consumidores.




Tipos de Gasolina

São produzidos pelas refinarias dois tipos de Gasolinas: Gasolina Comum Tipo A e Gasolina Premium Tipo A. Além desses dois tipos, São também definidos e especificados, atualmente, pela ANP (Agência Nacional do Petróleo) três tipos de gasolina para comercialização em postos revendedores e/ou consumidores finais: Gasolina Comum Tipo C, Gasolina Aditivada e Gasolina Premium Tipo C.

• Gasolina Comum Tipo A: É a gasolina produzida pelas refinarias de petróleo e entregue diretamente às companhias distribuidoras. Esta gasolina constitui-se basicamente de uma mistura de naftas numa proporção tal que enquadre o produto na especificação prevista. Este produto é a base da Gasolina Comum Tipo C disponível para os consumidores finais nos postos revendedores.

• Gasolina Premium Tipo A: É uma gasolina que apresenta uma formulação especial. Ela é obtida a partir da mistura de naftas de elevada octanagem (nafta craqueada, nafta alquilada, nafta reformada) e que fornecem ao produto maior resistência à detonação, do que aquela fornecida pela Gasolina Comum Tipo. Esta gasolina é entregue diretamente às companhias distribuidoras e constitui a base da Gasolina Premium Tipo C disponibilizada para os consumidores finais nos postos de revenda.

• Gasolina Comum Tipo C: É a gasolina comum que se encontra disponível no mercado sendo comercializada nos postos revendedores e utilizada em automóveis, motos, embarcações aquáticas, etc. Esta gasolina é preparada pelas companhias distribuidoras que adicionam álcool etílico anidro à Gasolina Comum Tipo A. A percentagem deste álcool na gasolina final pode variar entre 20 e 24% em volume, conforme prevê a legislação. Atualmente são adicionados 20% de álcool anidro. Esta gasolina apresenta uma octanagem de, no mínimo, 80 MON e IAD 87.

• Gasolina Aditivada: As companhias distribuidoras adicionam a uma parte da Gasolina Comum tipo A, além do álcool etílico, aditivos que conferem à gasolina características especiais. Neste caso, a gasolina comum passa a ser comercializada como Gasolina C Aditivada ou simplesmente, Gasolina Aditivada. O pacote de aditivos multifuncional adicionado na gasolina possui características detergentes e dispersantes e tem a finalidade de melhorar o desempenho do produto. O produto contribui para minimizar a formação de depósitos no carburador e nos bicos injetores, assim como no coletor e hastes e sedes das válvulas de admissão.

• Gasolina Premium Tipo C: É a Gasolina Premium que se encontra disponível no mercado sendo comercializada nos postos revendedores. Esta gasolina é preparada pelas companhias distribuidoras através da adição de álcool etílico anidro à Gasolina Premium Tipo A nas mesmas porcentagens praticadas para a gasolina comum (entre 20 e 24% conforme a legislação em vigor). Difere da gasolina comum pela maior octanagem (IAD de, no mínimo, 91). É especialmente indicada para veículos cujos motores possuam alta taxa de compressão (> 10:1). Recebe também a adição do mesmo pacote de aditivos utilizado na Gasolina Aditivada.
• Gasolina BR Supra: Difere da gasolina comum pela presença de aditivos detergentes/dispersantes que tem a função manter limpo o sistema de combustível, incluindo os bicos injetores e as válvulas do motor
- Recebe, por força de lei federal, a adição de 20 a 24% de álcool anidro.
- Recebe um corante que a deixa com a cor verde para diferenciá-la da gasolina comum
Pode ser utilizada em qualquer veículo movido a gasolina, especialmente os equipados com injeção eletrônica.


Características de Qualidade da Gasolina

• Aspecto: É um teste que dá uma indicação visual da qualidade e de possível contaminação do produto. A gasolina deve apresentar-se límpida e isenta de materiais em suspensão como água, poeira, ferrugem e etc.

• Cor: Indica a tonalidade característica do produto. No caso da gasolina tipo A e tipo C, sem aditivo, a cor pode variar de incolor a amarelo. Quando a gasolina é aditivada, ela recebe um corante para diferenciá-la das demais, podendo apresentar qualquer cor, exceto azul (gasolina de aviação) e rosa (reservada para a mistura formada por Metanol, Etanol e Gasolina – MEG).

• Teor de Enxofre: Indica a concentração total dos compostos sulfurosos presentes na gasolina. O enxofre é um elemento indesejável em qualquer combustível devido à ação corrosiva de seus compostos e à formação de gases tóxicos como SO2 (dióxido de enxofre) e SO3 (trióxido de enxofre), que ocorre durante a combustão do produto.

• Destilação: Avalia as características de volatilidade da gasolina. Este teste, além de ser utilizado no controle da produção da gasolina, pode ser utilizado para identificar a ocorrência de contaminação por derivados mais pesados como o óleo diesel, óleo lubrificante, querosene, etc. Partindo deste método obtêm-se os pontos especificados na destilação da gasolina que visam atender às diferentes condições de operação dos motores:

• Temperatura de Destilação de 10%, Evaporado: É o ponto da curva de destilação da gasolina que indica a temperatura na qual 10% do produto é destilado. Seu controle visa garantir que a gasolina possua uma quantidade mínima de frações leves que se vaporizem e queimem com facilidade, na temperatura de partida a frio do motor, facilitando o início de funcionamento do veículo.

• Temperatura de Destilação de 50%, Evaporado: É o ponto da curva de destilação da gasolina que indica a temperatura na qual 50% do produto é destilado. Seu controle visa também facilitar a partida fácil do motor, mas sua principal influência se faz sentir no tempo necessário ao seu aquecimento.

• Temperatura de Destilação de 90%, Evaporado: É o ponto da curva de destilação da gasolina que indica a temperatura na qual 90% do produto é destilado. Seu controle visa minimizar a formação de depósitos na câmara de combustão e nas velas de ignição, o que ocorre se a temperatura for muito elevada. Quanto mais alta for a temperatura necessária para vaporizar as frações mais pesadas de uma gasolina, maior será a quantidade dela que sobrará na câmara de combustão sem queimar.

• Temperatura do Ponto Final de Ebulição (PFE): O ponto final de ebulição é a mais alta temperatura verificada durante a destilação da gasolina. O PFE pode ou não coincidir com a vaporização total do produto, tendo em vista que a parte final da gasolina pode sofrer decomposição térmica (craqueamento), fazendo com que se formem frações mais leves que reduzem a temperatura na fase final do teste. Seu controle visa minimizar a formação de depósitos na câmara de combustão e nas velas de ignição, o que ocorre se o PFE for muito elevado. Valores do PFE fora de especificação (em se tratando de produtos coletados em revendedores ou em usuários) pode ser um indicativo de contaminação por óleo diesel, querosene ou lubrificante.

• Resíduo da Destilação: É a parte da gasolina que sobra após ter-se alcançado o ponto final de ebulição. A ocorrência de alta percentagem de resíduos pode estar relacionada tanto com a proporção de compostos pesados presentes no produto quanto com a instabilidade térmica das frações finais, remanescente após a destilação contínua do combustível.

• Pressão de Vapor REID (PVR): Assim como o teste da destilação, a PVR tem como objetivo avaliar a tendência da gasolina a evaporar-se, de modo que, quanto maior é a pressão de vapor, mais facilmente a gasolina se evapora. Esse ensaio é realizado principalmente, para indicar as exigências que devem ser satisfeitas para o transporte e o armazenamento do produto, de modo a evitar acidentes e minimizar as perdas por evaporação.

• Número de Octano (Octanagem): A octanagem da gasolina indica sua resistência à detonação, em comparação com uma mistura contendo iso-octano (ao qual é creditado um número de octano igual a 100) presente em uma mistura com n-heptano (número de octano igual a zero). Exemplificando, uma gasolina apresentará uma octanagem igual a 80 se, durante o teste, apresentar a mesma resistência à detonação apresentada por uma mistura que contém 80% em volume de iso-octano e 20% em volume de n-heptano. A avaliação da octanagem da gasolina é justificada pela necessidade de garantir que o produto atendas às exigências dos motores nos tempos de compressão e de expansão (quando ocorrem aumentos de pressão e de temperatura) sem entrar em auto-ignição. Para avaliação da octanagem das gasolinas automotivas foram desenvolvidos 2 métodos:

• Método MON (Motor Octane Number) ou Método Motor: Avalia a resistência da gasolina à detonação quando está sendo queimada em condições de funcionamento mais exigentes e em rotações mais elevadas, como acontece nas subidas de ladeiras com marcha reduzida e velocidade alta e nas ultrapassagens. O número de octano motor é o atualmente especificado para a gasolina brasileira contendo álcool etílico (gasolina tipo C, comum ou aditivada)

• Método RON (Research Octane Number) ou Método Pesquisa: Avalia a resistência da gasolina à detonação sob condições mais suaves de trabalho e a uma rotação menor do que aquela avaliada pela Octanagem MON, como acontece ao “arrancarmos” o veículo em um sinal.

• Índice Antidetonante (IAD): Atualmente, adota-se o IAD como o representante do desempenho antidetonante do combustível. O IAD é definido como a média entre as octanagens medidas pelos métodos RON e MON, ou seja, IAD=(MON+RON)/2.

• Porcentagem de Goma Atual: Representa a quantidade de goma presente na gasolina e que devido a sua natureza química, não é facilmente evaporável e nem se queima com facilidade. A formação de goma ocorre quando os compostos olefínicos presentes na gasolina sofrem reação de oxidação pelo oxigênio presente no ar ou reagem entre si, ou com outros hidrocarbonetos, na presença de luz ou calor. Normalmente a formação de goma é acompanhada por uma alteração da cor da gasolina que passa do amarelo claro para castanho-alaranjado.

• Período de Indução: Este teste visa estabelecer a estabilidade da gasolina à estocagem. Esta é uma característica de grande importância para gasolina tende em visto que a mesma deve possuir um mínimo de resistência à oxidação para que não haja formação de borra durante a estocagem.

• Porcentagem de Álcool Etílico Anidro: É uma indicação do percentual de álcool etílico presente na gasolina automotiva. A avaliação desta característica é de grande importância pois se o produto é adicionado em excesso, ou em teor menor que o especificado, poderá comprometer o bom funcionamento dos veículos. A adição de álcool serve para aumentar a octanagem da gasolina.

• Porcentagem de Aromáticos: Expresso em teor de compostos aromáticos (compostos que possuem o anel benzênico, C6H6) presentes na gasolina. Estes compostos conferem à gasolina uma boa resistência `detonação apresentando, isoladamente, um maior nível de octanagem MON e RON do que os demais componentes deste combustível. Os aromáticos possuem a tendência de gerar mais fumaça e depósitos de carbono, durante a queima no motor, do que o verificado para os compostos saturados e olefínicos. Também é característica dos aromáticos a sua capacidade de promover o ataque aos componentes de material plástico e de borracha dos veículos.

• Porcentagem de Olefinas: Indica a concentração de hidrocarbonetos carbono-carbono. Altos teores de olefinas são responsáveis pela instabilidade química da gasolina pois apresentam a tendência de reagirem entre si e com outros hidrocarbonetos na presença de oxigênio, luz ou calor. Estas reações geram polímeros (goma) e altera a coloração da gasolina.

• Porcentagem de Saturados: Indica o teor de hidrocarbonetos saturados, de cadeia linear ou cíclica (parafinas e naftênicos), presentes no produto. Esses compostos cerca de 40% da gasolina automotiva.

• Teor de Chumbo: Indica teor de substâncias contendo chumbo presentes no produto. O teste deve ser feita quando houver suspeita de contaminação da gasolina por este elemento.

• Densidade a 20/4oC: É a relação entre a massa específica da gasolina a 20oC (em g/cm3) e massa específica da água a 4oC (em g/cm3). É uma avaliação do caráter corrosivo do produto.

• Corrosividade ao cobre: É uma avaliação do caráter corrosivo do produto.

José Márcio
Usuário Iniciante
Usuário Iniciante

Número de mensagens : 8
Data de inscrição : 16/06/2008
Sexo : Masculino País : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gasolina Podium - vantagens para Classe A W168?

Mensagem por Gunga em Seg 23 Jun 2008 - 8:42

Depois desta aula acho que acabaram as dúvidas!!

Gunga
Usuário Bronze
Usuário Bronze

Número de mensagens : 141
Data de inscrição : 13/05/2008
Sexo : Masculino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gasolina Podium - vantagens para Classe A W168?

Mensagem por Alan em Ter 24 Jun 2008 - 13:41

o maior problema continua a adulteração e eu não tenho podium na cidade.

Fato é que o meu prejuizo no momento é enorme:

meu land rover de coleção (motor com 500 KM) está jogando as partes dos tuchos de valvula hidraulicos para fora, diagnóstico gasolina adulterada prendeu as valvulas, solução desmontar todo o motor e lavar com descarbonizante

minha r107 está batendo um tucho hidráulico, diagnostico gasolina adulterada prendeu valvula ou destruiu tucho, solução de preferencia trocar todos os tuchos

minha w126 não anda mais, diagnostico regulador de pressão, acumulador de pressão danificados, a membrana do dosificador já foi trocada 3 vezes neste ano em funcao do regulador de pressao.

O que tiver borracha ou membrana não dura 6 meses!

Custo?

é bom nem falar alto senão a patroa vai fechar o tempo.

Alan
Usuário Platina
Usuário Platina

Número de mensagens : 2336
Data de inscrição : 21/10/2007
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gasolina Podium - vantagens para Classe A W168?

Mensagem por kristk em Ter 24 Jun 2008 - 14:03

Faça uma coleta de gasolina nos postos que vc abasteceu e denúncie essa cambada de pilantras. A minha vontade é jogar uma granada em um lugar desses, só pra ver tudo explodindo!!!!!!!! Evil or Very Mad Evil or Very Mad Evil or Very Mad

kristk
Usuário Bronze
Usuário Bronze

Número de mensagens : 249
Data de inscrição : 11/02/2008
Sexo : Masculino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gasolina Podium - vantagens para Classe A W168?

Mensagem por Magnussp em Sab 30 Ago 2008 - 10:17

Pessoal,ontem resolvi experimentar a gasolina premium da ''ipiranga'',e fiquei surpreso,o carro responde tão bem quanto ou até melhor que a podium.e custa 30 centavos a menos......fica ae a dica....

abraços

Magnussp
Usuário Prata
Usuário Prata

Número de mensagens : 305
Data de inscrição : 14/04/2008
Sexo : Masculino País : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gasolina Podium - vantagens para Classe A W168?

Mensagem por Fresser em Sab 30 Ago 2008 - 17:39

Magnussp, a Premium da Ipiranga não se compara com a Podium, trata-se de uma gasolina aditivada e só, com o mesmo poder de octanagem das demais. A única outra gasolina que pode ser comparada com a Podium é a Maxxi Gold, da Esso. Essas duas são as únicas que coloco nas minhas MB, que pedem gasolina de octanagem mais alta. Não sei se o Classe A já é preparado de fábrica para as gasolinas normais.

Abraços

Fresser
Usuário Ouro
Usuário Ouro

Número de mensagens : 967
Data de inscrição : 19/10/2007
Sexo : Masculino País : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gasolina Podium - vantagens para Classe A W168?

Mensagem por Magnussp em Sab 30 Ago 2008 - 18:01

Bom,td bem,mas que senti diferença,senti,eu sempre coloco pódium tambem,mas coloquei essa ipiranga premium e o carro ta como se fosse com a pódium....hehehe......ainda bem.....

Magnussp
Usuário Prata
Usuário Prata

Número de mensagens : 305
Data de inscrição : 14/04/2008
Sexo : Masculino País : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gasolina Podium - vantagens para Classe A W168?

Mensagem por _cls_ em Dom 31 Ago 2008 - 4:26

Desculpe a minha ignorancia, podem-me explicar as caracteristicas dessas tais gasolinas especiais, octanagem, percentagem de pureza, tipo de aditivos, etc.
Abraços

_cls_
Usuário Bronze
Usuário Bronze

Número de mensagens : 171
Data de inscrição : 30/07/2008
Sexo : Masculino País : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gasolina Podium - vantagens para Classe A W168?

Mensagem por Magnussp em Dom 31 Ago 2008 - 8:13

Caro Fresser,acho que voce se enganou a respeito da gasolina original premium da rede Ipiranga.bem que eu achei estranho o que vc disse mas fui procurar saber a respeito antes de falar besteira.a Ipiranga tem a gasolina ''original'',a original ''aditivada'' e a original ''premium'',que segundo a Ipiranga,é aditivada mas tb de alta octanagem sim.por isso não senti diferença quando abasteci com ela no lugar da podium.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

de uma lida ae.

Abraços.

Magnussp
Usuário Prata
Usuário Prata

Número de mensagens : 305
Data de inscrição : 14/04/2008
Sexo : Masculino País : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gasolina Podium - vantagens para Classe A W168?

Mensagem por GR em Dom 31 Ago 2008 - 8:43

E a ALE tb tem a "Premium"... Não é exclusividade da Petrobras....

GR
Usuário Platina
Usuário Platina

Número de mensagens : 7397
Data de inscrição : 21/10/2007
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Minas Gerais

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gasolina Podium - vantagens para Classe A W168?

Mensagem por Magnussp em Dom 31 Ago 2008 - 9:20

A ''podium'' ja teve seus dias de exclusividade,mas como em tudo,a concorrência não quer ficar obsoleta.......sorte nossa.....hehehehe

Magnussp
Usuário Prata
Usuário Prata

Número de mensagens : 305
Data de inscrição : 14/04/2008
Sexo : Masculino País : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gasolina Podium - vantagens para Classe A W168?

Mensagem por Fresser em Dom 31 Ago 2008 - 10:08

Magnus, você pode ter razão, realmente o site diz que ela tem alta octanagem, sendo indicada para motores de alta compressão. Mas notei que a Ipiranga não declara o valor da octanagem. Sei que a Podium tem um índice de 95. Fico curioso para saber qual o da Ipiranga. De qualquer modo, dê uma olhada no manual do seu carro e veja qual a octanagem recomendada para o seu caso. Em motores de baixa compressão, o uso da Podium pode não compensar, em relação ao custo mais alto.

Mas, no final das contas, caso a Premium Ipiranga realmente seja comparável à Podium, melhor prá nós, mais uma opção de abastecimento. Às vezes é difícil achar um posto BR com Podium.

Grande abraço

Fresser
Usuário Ouro
Usuário Ouro

Número de mensagens : 967
Data de inscrição : 19/10/2007
Sexo : Masculino País : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gasolina Podium - vantagens para Classe A W168?

Mensagem por Magnussp em Dom 31 Ago 2008 - 10:40

vou dar uma olhada no manual logo mais.então,vou procurar saber exatamente a octanagem desta gasolina Ipiranga.o que eu acho bem importante foi que fiquei contente com o resultado,principalmente sendo ela R$0,30 mais barato.não digo que é melhor,afinal a BR é ponta em pesquisa e a Podium é pioneira,mas eu senti equivalência no ''pé''....aqui no meu bairro só conheço 2 postos que vendem podium,e os dois fecham a meia noite.é um saco.
Se alguem do forum tb conseguir a octanagem certa da gasolina Ipiranga ''premium'',poste para sabermos.

abraços

Magnussp
Usuário Prata
Usuário Prata

Número de mensagens : 305
Data de inscrição : 14/04/2008
Sexo : Masculino País : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gasolina Podium - vantagens para Classe A W168?

Mensagem por Magnussp em Dom 31 Ago 2008 - 10:46

Bom amigos,pelo que andei pesquisando,a premium da ipiranga tem 91 octanos : [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Se alguem tiver mais informações,será de boa ajuda.

abraços.

Magnussp
Usuário Prata
Usuário Prata

Número de mensagens : 305
Data de inscrição : 14/04/2008
Sexo : Masculino País : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gasolina Podium - vantagens para Classe A W168?

Mensagem por Fresser em Dom 31 Ago 2008 - 10:48

Acho que 91 octanas é suficiente para a maior parte dos carros de alta combustão. Bom saber, é mais uma opção.

Abraços

Fresser
Usuário Ouro
Usuário Ouro

Número de mensagens : 967
Data de inscrição : 19/10/2007
Sexo : Masculino País : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gasolina Podium - vantagens para Classe A W168?

Mensagem por Krycek em Dom 31 Ago 2008 - 11:17

Essa história de octanas é uma confusão, é como cv-hp... cada um tem uma contagem diferente, então 91 num lugar é 88 no outro e 95 no outro.

Quando comprei minha primeira Merc, passei a botar podium, no Golf GTI eu fazia essas experiências de botar aditivada, botar premium, e comum, mas rodo tão pouco que é impossível comparar os trajetos, n sentia diferença NENHUMA em performance.

Estou pagando 2,99/L de Podium no Posto Escola BR da Lagoa. Alguém tem um mais precinho camarada aqui no Rio (sem xixi de gato) ?

Krycek
Moderador
Moderador

Número de mensagens : 8076
Data de inscrição : 13/07/2008
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gasolina Podium - vantagens para Classe A W168?

Mensagem por Fresser em Dom 31 Ago 2008 - 12:14

Krycek, esse é o preço aqui em Sampa também...

Abraços

Fresser
Usuário Ouro
Usuário Ouro

Número de mensagens : 967
Data de inscrição : 19/10/2007
Sexo : Masculino País : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Podiumxpremiumxaditivada

Mensagem por Maluhy em Dom 31 Ago 2008 - 12:35

Podium é exclusiva BR, 95 octanas , as premium da Shell,Ipiranga e outras se equivalem, 91 octanas, que já dão um over em cima das comum/aditivadas ,88 octanas,o diferencial maior da Podium é a quase total ausência de enxofre ,que é utilizado para lubrificar as partes altas do motor , em compensação é muito poluente e fator de envelhecimento do combustível por tempo,no caso da Podium ele foi substituído por aditivação sintética ,talvez justifique o preço maior em relação às Premium....no caso dos carros que ficam " empalhados" e nas " prateleiras" a podium poupa bastante aborrecimentos e para que usa mais os " alta taxa" a premium dá conta do recado........

_________________
Consultor Técnico FMBB

Peças para importados
Consultoria pré-compra  

Contatos:
21-970061008 NEXTEL
21-980304994 TIM Zap
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Mercedes mit knapp über 4 Meter ...

Maluhy
Consultor Técnico
Consultor Técnico

Número de mensagens : 10471
Data de inscrição : 21/10/2007
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gasolina Podium - vantagens para Classe A W168?

Mensagem por Xenon em Seg 1 Set 2008 - 11:42

tou usando shell premium e a marcha lenta da ML esta mais suave......

Xenon
Usuário Platina
Usuário Platina

Número de mensagens : 3114
Data de inscrição : 19/10/2007
Sexo : Masculino País : Inglaterra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gasolina Podium - vantagens para Classe A W168?

Mensagem por França em Seg 1 Set 2008 - 12:01

Também tenho a impressão de que a Shell Premium é a que deixa o motor mais "redondo"

França
Usuário Platina
Usuário Platina

Número de mensagens : 1402
Data de inscrição : 25/06/2008
Sexo : Masculino País : Estados Unidos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gasolina Podium - vantagens para Classe A W168?

Mensagem por Magnussp em Seg 1 Set 2008 - 19:12

Um dia coloquei premium da Shell na minha moto e ficou uma porcaria,acho que como não vende muito naquele posto a gasolina tava vencida dentro do tanque do posto.sempre que coloco podium na moto sinto uma diferença absurda na desempenho.aliás,só não coloco podium quando não acho.

Magnussp
Usuário Prata
Usuário Prata

Número de mensagens : 305
Data de inscrição : 14/04/2008
Sexo : Masculino País : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gasolina Podium - vantagens para Classe A W168?

Mensagem por Starfan em Seg 1 Set 2008 - 19:34

tenho usado a SHELL PREMIUM no classe A e na ML ,achei tb. que o motor gira mais "redondo" ,já nos carros "de prateleira " tenho utilizado a PÓDIUM,pois cf. a palestra que assisti e o mestre Maluhy ratificou,é a unica que pela composição diferenciada pode permanecer por tempo "indeterminado" no tanque sem apodrecer...

abs


Starfan

Starfan
Usuário Platina
Usuário Platina

Número de mensagens : 2030
Data de inscrição : 09/11/2007
Sexo : Masculino País : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gasolina Podium - vantagens para Classe A W168?

Mensagem por Roccattho em Seg 1 Set 2008 - 20:47

Abasteço somente com PODIUM,a marcha lenta estabiliza e o veiculo faz quase um quilometro a mais por litro em relaçao as aditivadas comuns.
Tive uma experiencia ruim com gasolina aditivada da petrobras,o carro parecia que tinha um motor de caminhao e a marcha lenta desajustou-se ficando o veiculo acelerado,ruim de pegar de manha e morrendo quando necessario manobrar.
Pela graça do G.A.D.U. que me iluminou e guardou naquele momento troquei de combustivel e resolvi os problemas supracitados.

MARZIO ROCCATTHO

Roccattho
Usuário Iniciante
Usuário Iniciante

Número de mensagens : 12
Data de inscrição : 28/07/2008
Sexo : Masculino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gasolina Podium - vantagens para Classe A W168?

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 19:47


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum