Mercedes-Benz apresenta o utilitário ML 320 a diesel

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mercedes-Benz apresenta o utilitário ML 320 a diesel

Mensagem por Convidad em Qua 18 Jun 2008 - 12:41

A Mercedes-Benz mostra nesta quarta ( 18 ) e quinta-feira ( 19 ) à imprensa online, em São Paulo, o seu utilitário esportivo com motor a diesel, o ML 320 CDI. O SUV é vendido nos Estados Unidos por cerca de US$ 46 mil (sem taxas e demais despesas). Aqui no Brasil deve chegar por um preço um pouco mais alto que o do ML 350, vendido hoje por R$ 289 mil.

O motor do ML 320 CDI comercializado nos EUA é um 3.0 litros com 24 válvulas, seis cilindros em "V", que entrega potência máxima de 195 cavalos. A tração é 4x4, e há o sistema DSR, o qual "prende" o carro numa velocidade baixa e segura para descer declives muito acentuados -- tanto avante quando de ré. Para brincar mais um pouco na ladeira, há também o sistema "hill start", que mantém o ML 320 freado por um segundo a mais até começar a ascender o aclive.

Mais detalhes sobre o carro, e as impressões ao dirigi-lo, serão publicados em UOL Carros na noite desta quinta-feira ( 19 ).

Fonte: UOL Carros

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercedes-Benz apresenta o utilitário ML 320 a diesel

Mensagem por ATS em Qua 18 Jun 2008 - 13:00

Só 195cv? Evil or Very Mad Evil or Very Mad Evil or Very Mad

ATS
Usuário Platina
Usuário Platina

Número de mensagens : 2424
Data de inscrição : 22/10/2007
Sexo : Masculino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercedes-Benz apresenta o utilitário ML 320 a diesel

Mensagem por Convidad em Qua 18 Jun 2008 - 13:19

Acho que eles se "confundiram" com a ML280 CDI

O correto é 224 HP. :pos:

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercedes-Benz apresenta o utilitário ML 320 a diesel

Mensagem por Xenon em Qua 18 Jun 2008 - 13:20

ja melhorou...... Very Happy Very Happy Very Happy

Xenon
Usuário Platina
Usuário Platina

Número de mensagens : 3114
Data de inscrição : 19/10/2007
Sexo : Masculino País : Inglaterra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercedes-Benz apresenta o utilitário ML 320 a diesel

Mensagem por ATS em Qua 18 Jun 2008 - 13:52

Pois é, em outra reportagem falava essa cavalaria...e que o preço seria 290 mil. Vamos esperar a avaliação...

ATS
Usuário Platina
Usuário Platina

Número de mensagens : 2424
Data de inscrição : 22/10/2007
Sexo : Masculino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercedes-Benz apresenta o utilitário ML 320 a diesel

Mensagem por GR em Qui 19 Jun 2008 - 17:21

Eu gostei!!! drunken cheers drunken cheers drunken

GR
Usuário Platina
Usuário Platina

Número de mensagens : 7397
Data de inscrição : 21/10/2007
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Minas Gerais

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mercedes-Benz ML 320 CDI chega por R$ 289.900

Mensagem por Convidad em Qui 19 Jun 2008 - 20:11

Sabe aqueles motores barulhentos, lentos e que ainda deixam um rastro de fumaça preta para trás? Esqueça isso tudo ao saber que a Mercedes-Benz começa a vender no Brasil o ML 320 CDI, com motor a diesel V6 de 3,0 litros, que gera 224 cv a 3.800 rpm, com adaptações para rodar com o combustível nacional, que traz enxofre e água em sua composição. Como todo propulsor movido a óleo, o torque é alto e em baixa rotação: 52 kgfm a 1.600 rpm.

Nem parece que é movido a diesel. De dentro da cabine não se ouve o barulho característico e isso não é só mérito do bom isolamento acústico. Com as janelas abertas, só se escuta o grave ronco dos seis cilindros em ‘V’ e um leve assobio agudo. Ao olhar para trás, e como não se pode esperar milagre, uma suave nuvem de fumaça branca sai das duas pontas de escapamento.

As rodas de 19 polegadas e os pneus de perfil 50 convidam para uma volta no asfalto, mas isso vai ter de ficar para depois, pois uma trilha o espera. É hora de ver se o esportivo é mesmo um utilitário. Para isso, aperta-se o botão 4ETS, que acopla a tração nas quatro rodas. Ele enfrenta bem atoleiros e rampas íngremes. Basta manter a faixa de rotação onde o torque mais aparece, que vai de 1.600 a 2.500 rpm, para não ficar pelo caminho.

Para descer um barranco, é só pressionar o botão DSR e limitar a velocidade que ele segura o carro. O motorista não precisa nem pisar no freio. No ‘teste do pêndulo’, quando uma roda perde contato com chão, o diferencial trava o pneu suspenso e joga o torque para os demais.

O utilitário vira esportivo

Hora de bater o barro da sola do sapato e cair na estrada. O mesmo carro que estava passando por lamaçais e riachos, 8,6 segundos depois já está a 100 km/h partindo da imobilidade. Se esquecer o pé no acelerador, ele pode chegar à velocidade máxima 215 km/h. Os freios ABS com distribuição de frenagem estão lá para qualquer emergência.

O câmbio é o 7G-Tronic, um automático de sete velocidades. Ela tem trocas rápidas e ajuda o motor em seu bom desempenho. A alavanca de seleção fica atrás do volante e tem funcionamento intuitivo. Há também a opção de trocas seqüenciais, com botões atrás do volante, para uma tocada mais esportiva.

Ainda falando em esquecer o velho conceito do diesel, o motor tem o funcionamento mais suave que muitos propulsores a gasolina. A aceleração é gradual e o motor responde a qualquer momento. Os pneus de largura 255 e a suspensão dão a segurança suficiente para que o motorista abuse um pouco mais da velocidade sem ter a sensação de que o carro está ‘bobo’.

O silêncio da cabine continua, mas pode ser quebrado com o sistema de som com entrada auxiliar e DVD, com tela de cristal líquido acoplada ao painel. Os comandos podem ser feitos pelo volante, que também opera o telefone com sistema bluetooth e o computador de bordo.

A vantagem do diesel está no preço; a desvantagem, na emissão de poluentes, garantida pela Mercedes estar dentro das especificações brasileiras. O combustível é mais barato que a gasolina e o consumo também é mais baixo. Na cidade, o ML 320 CDI faz média de 7,8 km/l e 12,1 km/l na estrada. A versão V6 a gasolina fica em 6,5 e 10,4 km/l respectivamente. O preço dos dois modelos é exatamente o mesmo: R$ 289.900. O ML 500, que tem propulsor V8, custa R$ 365 mil. Com bom desempenho e o mesmo nível de conforto pelo mesmo valor, quem procura luxo não vai se importar com qual combustível vai encher o tanque.

Viagem feita a convite da Mercedes-Benz

Fonte: iCarros























Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Mercedes-Benz ML estréia motor a diesel

Mensagem por Mercedão em Sex 20 Jun 2008 - 13:08

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Com tecnologia para obter a melhor combinação entre potência, torque e baixo ruído em um motor a diesel, a transmissão automática de sete velocidades 7G-TRONIC, o sistema de tração nas quatro rodas 4-ETS e o sistema de proteção PRE-SAFE®, além de uma série de itens de segurança e comodidade, a Classe M está pronta para reafirmar sua posição de destaque no segmento SUV Premium no mercado brasileiro
Desde que fez sua estréia no mercado brasileiro, em 1998, Classe M impôs-se no mercado brasileiro como o utilitário-esportivo Premium mais atraente e versátil. Em sua nova geração, que desembarcou no Brasil em 2007, a ML trouxe uma mescla de superfícies fortemente contornadas, com destaque no pára-brisa inclinado e no formato abaulado dos pára-lamas. O resultado permitiu um importante avanço na questão aerodinâmica, com Cd que caiu de 0,40 para 0,34.
O conjunto propôs uma sensível mistura entre esportividade e robustez. À época, a Classe M estreou novas proporções de carroceria: 150 mm mais longa (4.780 mm), 71 mm mais larga (1.911 mm) e 5 mm mais baixa (agora 1.815 mm com trilhos de teto) que seu modelo antecessor. A distância entreeixos cresceu em 95 mm para 2.915 mm.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Mas é o novo motor movido a diesel V6, que celebra sua estréia no mercado brasileiro, que surge como grande atração desta versão. Ele oferece injeção common-rail de terceira geração, entregando 165 kW/ 224 cv e desenvolvendo torque máximo de 510 Nm/ 52 kgfm disponível a partir de 1.600 rpm. Apesar do vigor no desempenho, esse modelo diesel consome apenas 9,4 litros por 100 km, ou 10,6 km/l, no consumo combinado, tornando a nova Classe M um dos mais econômicos fora de estrada de sua classe.
A exclusiva transmissão automática de sete velocidades 7G-TRONIC é equipamento de série da ML 320 CDI. O gerenciamento inteligente de marchas permite que a caixa faça um uso otimizado das reservas de potência do motor, mas também contribui decisivamente para a economia de combustível. A 7G-TRONIC é operada eletronicamente através de uma alavanca de marchas posicionada próxima ao volante, um novo sistema que a Mercedes-Benz denomina DIRECT SELECT. Botões adicionais de mudança de marcha no volante permitem ao motorista operar as sete marchas.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Pronto para terreno difícil: o pacote 4ETS
Com o pacote apresentado pela Classe M, pode-se dizer que os sistemas de tração de SUV´s saltaram para uma nova geração. O conjunto de tração permanente nas quatro rodas (4ETS) incorpora funções adicionais como DSR (Regulagem de Velocidade em Descidas Íngremes), Assistência de Arrancada e sistema ABS Off-Road. A Classe M pode ser encomendada com duas diferentes versões do sistema de tração nas quatro rodas, permitindo atender exigências variadas para o fora de estrada: além da versão básica, o novo pacote de engenharia Off-Road Pro está também disponível. Ele permite que a Classe M domine até as mais difíceis rotas em terreno difícil, através de uma caixa de transferência de duas velocidades com uma relação off-road e das travas de diferenciais selecionáveis manual ou automaticamente (100%) entre o eixo dianteiro e o traseiro.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Os engenheiros da Mercedes também redesenvolveram a suspensão dianteira e traseira da Classe M: a suspensão dianteira de duplo triângulo, feitos em alumínio, auxilia na redução de ruídos em altas velocidades, exatamente por manter a geometria bastante neutra. O novo eixo traseiro tem um sistema de suspensão de quatro pontos de fixação, o que possibilita um efeito muito semelhante ao da dianteira. Rodas de alumínio de liga leve e largos pneus 255/50 19 enfatizam o pedigree esportivo da nova Classe M.
Uma nova era em segurança: PRE-SAFE® faz sua estréia nesta classe de veículo
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]A Classe M Mercedes-Benz também exibe novos parâmetros em segurança para seu segmento. Seu sistema de proteção aos ocupantes é sublinhado por uma estrutura de carroceria com zonas de deformação nas extremidades dianteira e traseira, além de um pacote bem recheado de itens de série, como airbags de dois estágios para motorista e passageiro dianteiro, sidebags dianteiros e windowbags, bem como tensionadores de cintos e limitadores de força de cintos para todos os assentos. No caso de uma colisão na extremidade traseira, os protetores de cabeça reagentes a colisões NECK-PRO proporcionam proteção adicional para o motorista e passageiro dianteiro.
E isso não é tudo. Quando há situações críticas de direção, onde um acidente está na iminência de ocorrer, o sistema PRE-SAFE® prepara o carro e seus ocupantes para a colisão, agindo por antecipação para tensionar os cintos de segurança, reposicionando os bancos dianteiros (eletricamente ajustáveis) para uma posição mais favorável. Além disso, o aparato fecha o teto solar se houver o risco de capotamento.
Para se "municiar" de dados que apontem o risco do acidente, o PRE-SAFE® está ligado ao sistema de freios antibloqueio (ABS), à Assistência de Frenagem e ao Programa Eletrônico de Estabilidade (ESP®), cujos sensores identificam manobras de direção perigosas.
A nova Classe M também ostenta qualidade de longo prazo. A carroceria totalmente galvanizada recebe proteção extra de corrosão por meio de um revestimento especial em pontos específicos. Áreas estruturais sujeitas a altos esforços são vedadas em suas cavidades, e dobras são cobertas nas costuras. Grandes painéis da subestrutura eliminam a necessidade de vedação inferior com PVC convencional.

Parte da especificação normal para o off-road é um novo tipo de acabamento de pintura que emprega a nanotecnologia. Oferecendo maior resistência a riscos em comparação com acabamentos de pintura metálica ou não metálica, o revestimento claro de nanopartículas proporciona um brilho notavelmente aperfeiçoado.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Em nível com a classe luxo: maior conforto e mais espaço
O interior da nova Classe M também exibe uma típica qualidade Mercedes, graças a materiais de alta qualidade, características de toque e sensação mais agradável e espaço significativamente melhorado para todos os passageiros do veículo. Por exemplo, com 880 mm, a distância entre os assentos dianteiros e traseiros é 15 mm maior que o modelo antecessor, alcançando um nível mais familiar em sedans da classe luxo. O espaço de joelhos para os passageiros traseiros foi aumentado em 35 mm e a largura de cotovelos em 32 mm.
Até 2050 litros de capacidade de carga
Os encostos dos bancos traseiros são rebatíveis e divididos em 60/40. Como os assentos podem ser removíveis, o efeito criado é o de uma superfície de carga nivelada de 2,10 metros de comprimento na traseira do veículo. A capacidade máxima é de 2.050 litros (método de medição VDA), bem maior que os concorrentes.
O comprovado sistema EASY-PACK torna a área do porta-malas da Classe M mais fácil de carregar e descarregar. Entre outras características, destaca-se a porta traseira operada eletricamente e um pacote projetado para o armazenamento de itens com segurança na área de carga.
A Classe M ainda possui o sistema de controle automático de climatização THERMOTRONIC, a assistência de estacionamento PARKTRONIC e o sistema de controle e exibição COMAND APS. Faróis bi-xenon com Sistema de Iluminação Ativa e função de iluminação de curvas otimizam a segurança de direção durante as horas de escuridão.
Uma história de sucesso que começou em 1997: abrindo o caminho para os modernos SUVs
Com um conceito singular, a Classe M abriu as portas para o segmento SUV Premium em sua estréia, em 1997, angariando, desde então, uma série de prêmios internacionais. Um total de mais de 700 mil motoristas em todo o mundo tem optado pelo veículo da Mercedes-Benz, tornando-o um dos mais bem sucedidos modelos em sua classe. No Brasil, lançado em 1998, a Classe M registra cerca de 2 mil unidades vendidas desde sua chegada.
Fonte: Mercedes-Benz (Assessoria de Imprensa)

Mercedão
Usuário Platina
Usuário Platina

Número de mensagens : 1419
Data de inscrição : 25/10/2007
Sexo : Masculino País : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

FICHA TÉCNICA

Mensagem por Mercedão em Sex 20 Jun 2008 - 13:20

Mercedes-Benz ML 320 CDI

Motor
Nº de cilindros / disposição: 6 / V / 4 válvulas por cilindro
Cilindrada cm3: 2.987
Diâmetro x curso mm: 83 x 92
Potência máxima kW / cv: 165 / 224 a 3.800 rpm
Torque máximo Nm / kgfm: 510 / 52 de 1.600 a 2.800 rpm
Taxa de compressão: 17,7:1
Alimentação Turbodiesel, injeção direta tipo common-rail

Transmissão
Tração Permanente nas 4 rodas, com distribuição 50/50 nos eixos Tipo 7G-TRONIC

Relações
Diferencial 3,450
1ª marcha 4,377
2ª marcha 2,859
3ª marcha 1,921
4ª marcha 1,368
5ª marcha 1,000
6ª marcha 0,820
7ª marcha 0,728
Marcha-a-ré 3,416

Chassi
Eixo dianteiro Independente, braços duplos, anti-dive, molas helicoidais, amortecedores a gás, barra estabilizadora
Eixo traseiro Independente, four-link, anti-dive, anti-squat, molas helicoidais, amortecedores a gás, barra estabilizadora
Freios Disco ventilado nas quatro rodas, freio de estacionamento operado por pedal e atuante nas rodas traseiras, ABS, Brake Assist, ESP, 4ETS
Rodas 8J x 19 ET 60
Pneus 255/50 R19

Pesos e dimensões
Entreeixos mm: 2.915
Bitola dianteira / traseira mm: 1.627 / 1.629
Comprimento mm: 4.780
Largura mm: 1.911
Altura mm: 1.815
Diâmetro de giro m: 11,6
Porta-malas (VDA) l: 500 - 2.050
Peso em ordem de marcha kg: 2.185
Carga útil kg: 645
Peso bruto total kg: 2.830
Tanque / reserva l: 95 / 13

Desempenho e dados de consumo
Aceleração 0 a 100 km/h s: 8,6
Velocidade máxima km/h: 215
Consumo médio (NEDC) km/l: 10,64


16 de junho de 2008
Informação à Imprensa
Comunicação Corporativa - Mercedes-Benz do Brasil
Mercedes-Benz – Uma marca da Daimler AG

Mercedão
Usuário Platina
Usuário Platina

Número de mensagens : 1419
Data de inscrição : 25/10/2007
Sexo : Masculino País : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercedes-Benz apresenta o utilitário ML 320 a diesel

Mensagem por Convidad em Sex 20 Jun 2008 - 21:10

Best Cars - http://www2.uol.com.br/bestcars/testes3/mercedes-ml320cdi-1.htm

"O caso do diesel em utilitários

A Mercedes-Benz usou um artifício para convencer o Denatran de que o
ML 320 CDI satisfaz as exigências em vigor para emprego de motores a
diesel em utilitários, expressas na Portaria 23, de 6/6/94, do
extinto Departamento Nacional de Combustíveis. Pela peça legal, só
podem consumir diesel veículos com capacidade de carga igual ou
superior a 1.000 kg, excetuando-se aqueles de tração nas quatro
rodas, com caixa de mudança múltipla e redutor — que o Mercedes não
tem, a não ser como item opcional em outros mercados.

O artifício consistiu em demonstrar que, no modo fora-de-estrada do
sistema de tração, o veículo tem capacidade ascensional real igual à
de outro que tenha aqueles itens que estabelecem a exceção. Assim,
estão de parabéns a Mercedes-Benz e o Denatran — este ao reconhecer
tacitamente que a portaria em questão é ultrapassada, oriunda que
foi de uma outra, desta vez do Conselho Nacional do Petróleo, em
1976, num momento em que o Brasil sentia no bolso os efeitos da
primeira crise do petróleo, ocorrida três anos antes. O objetivo era
conter o consumo de diesel de qualquer maneira, que era — e ainda é
— o derivado de petróleo que determina o consumo total de petróleo
do país."

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercedes-Benz apresenta o utilitário ML 320 a diesel

Mensagem por GR em Sex 20 Jun 2008 - 21:24

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

G1 andou no Mercedes-Benz ML 320 CDI
Montadora alemã começa a vender versão a diesel do SUV (R$ 289,9 mil).
Motor V6 turbo, de 224 cavalos e 52 mkgf de torque, tem funcionamento suave.
Denis Freire de Almeida

Do G1, em Campinas (SP)

Divulgação
Mercedes-Benz ML 320 a diesel tem visual idêntico ao modelo ML 350 a gasolina (Foto: Divulgação)Saiba mais

» G1 andou no Mercedes-Benz C 63 AMG

» G1 andou no Citroën Grand C4 Picasso

» G1 andou no Porsche Cayenne GTS

Para ampliar sua participação no segmento dos utilitários esportivos, um dos que mais crescem no Brasil, a Mercedes-Benz acaba de importar o ML 320 CDI, a versão a diesel do luxuoso SUV alemão (por R$ 289,9 mil).

Com isso, a Range Rover Sport (R$ 361 mil) não reina mais absoluta no mundo dos jipões premium movidos a diesel. O G1 andou no novo modelo em uma pista off-road montada no terreno da unidade da Mercedes-Benz, em Campinas (SP), e estradas da região.

A novidade se restringe ao motor V6 turbo common-rail, que entrega 224 cavalos de potência e 52 mkgf de torque, já que os equipamentos de série são os mesmos encontrados na versão a gasolina ML 350 (V6 de 272 cavalos) – apresentada em 2007.




Divulgação
A única diferença visível e a placa na porta traseira, que denuncia o novo motor (Foto: Divulgação)Destaques para o câmbio automático de sete velocidades com alavanca na coluna de direção e opção de trocas no volante; faróis bi-xenônio com facho inteligente; tração 4x4 integral; airbags frontais, laterais e de cortina; sistema de regulagem de velocidade em declives íngremes; freios ABS com auxílio de frenagem de emergência; controle de estabilidade, entre outros.

Na contramão do que ocorre nos mercados mais sedimentados como o europeu e o norte-americano, que sofrem com a crise do petróleo e

a difusão da “onda ecológica”, a procura pelos utilitários esportivos vem crescendo exponencialmente nos chamados países emergentes.




Por aqui, houve um aumento de 267% nas vendas de SUVs nos últimos cinco anos. Em 2003, foram comercializadas 43.157 unidades, ante as 115.348 do ano passado. Além dos números favoráveis, o sucesso do agrobusiness brasileiro motivou a montadora a iniciar a importação da versão a diesel da ML.

A pergunta crucial é: Mas por que a Mercedes-Benz não trouxe o ML 320 antes? “O diesel brasileiro é bem diferente do europeu, pois tem alta concentração de enxofre e água. A baixa demanda não justificaria o investimento para adaptar o motor”, explicou Jens Israng, diretor de vendas da montadora.




Divulgação
Painel é completo e bem acabado (Foto: Divulgação)Como Rússia, África do Sul e Austrália também possuem um diesel de baixa qualidade, o desenvolvimento do motor compensou. Com a adoção de um novo catalizador e de um filtro separador de água, porém, a tecnologia Bluetec (de motores diesel ecologicamente correto, adotada na Europa) não serve para o Brasil. Mas a montadora afirma que a emissão de poluentes é 50% menor que a exigida pela legislação.



A expectativa da Mercedes-Benz é vender 300 unidades do ML 320 até o final do ano, ou seja,


Divulgação
Motor é forte e silencioso (Foto: Divulgação)60% das vendas da família ML – que inclui os modelos a gasolina 350 (V6 de 272 cavalos), 500 (V8 de 388 cavalos) e AMG 63 (V8 de 510 cavalos).



Com a estratégia de comercializar a versão diesel pelo mesmo preço da V6 a gasolina, essa meta deverá ser alcançada. Isso porque, em ação, o motor mostrou boa elasticidade, com prontas arrancadas e retomadas, além de ser bastante silencioso. Não chega ter a suavidade dos modelos a gasolina, mas está a anos luz dos


Divulgação
Modelo na prova do pêndulo... (Foto: Divulgação)antigos e barulhentos motores a diesel.

É bem verdade que os compradores de Mercedes-Benz ML não estão lá muito preocupados com o preço do combustível, mas a maior autonomia do modelo a diesel é uma vantagem e tanto.



Com um tanque cheio (95 litros), o ML 320 percorre 978 quilômetros em uso misto, contra 803 quilômetros do ML 350. Ou seja, uma vantagem de 175 quilômetros rodados a cada


Indisponivel
... e no lamaçal da pista campineira (Foto: Divulgação)tanque. Se a economia não for prioridade, esses números significam menos paradas em postos de combustível. Questão de conforto e economia, mesmo que indireta. Afinal, tempo é dinheiro.

GR
Usuário Platina
Usuário Platina

Número de mensagens : 7397
Data de inscrição : 21/10/2007
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Minas Gerais

Voltar ao Topo Ir em baixo

360 ?????

Mensagem por Convidad em Sex 27 Jun 2008 - 9:54

Nova versão ML360 CDI QR... No


...e olha que "O nome da versão está na tampa traseira"...

Felipones, depois conta prá gente quem foi demitido da Abril.... Evil or Very Mad

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercedes-Benz apresenta o utilitário ML 320 a diesel

Mensagem por Xenon em Sex 27 Jun 2008 - 10:00

vao alegar a famosa " misterios informaticos"......hahahaha.....

Xenon
Usuário Platina
Usuário Platina

Número de mensagens : 3114
Data de inscrição : 19/10/2007
Sexo : Masculino País : Inglaterra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercedes-Benz apresenta o utilitário ML 320 a diesel

Mensagem por Convidad 4 em Sex 27 Jun 2008 - 10:33

Errar uma vez é humano, mas no titulo e no texto???

Convidad 4
Usuário Platina
Usuário Platina

Número de mensagens : 8341
Data de inscrição : 19/10/2007
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Impressões - ML 320 CDI

Mensagem por Convidad em Qua 3 Dez 2008 - 17:31


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercedes-Benz apresenta o utilitário ML 320 a diesel

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 15:55


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum