Sistemas modernos de A/C e refrigeração

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sistemas modernos de A/C e refrigeração

Mensagem por Maluhy em Sab 30 Maio 2009 - 19:27



Atualmente na maioria dos sistemas com injeção eletrônica o funcionamento do compressor depende de um sinal enviado pelo módulo de injeção, ou seja, o botão de ar condicionado no painel, quando acionado, é só uma solicitação. Por meio de todo um circuito eletro-eletrônico ocorrem várias verificações, como: se há pressão suficiente de fluido refrigerante no sistema se a pressão não está muito elevada se o evaporador não está "congelando" se o motor do carro está ligado e em rotação mínima de marcha lenta se o motor não está com "superaquecimento" entre outros.
Todas essas informações são enviadas para o módulo de injeção, que só então envia um sinal para o atuador de marcha lenta para elevar um pouco a rotação do motor devido a carga extra a que será exposto e só depois libera um sinal para a ligação do compressor, e eventualmente em alguns modelos, a 1ª velocidade do (s) eletroventilador (es). Uma exigência comum do módulo é o funcionamento da ventilação interna já em andamento, mas em alguns modelos, ao acionar o botão do AC, a 1ª velocidade da ventilação liga automaticamente, evitando o "congelamento" do evaporador.
Por isso, cada vez mais, para se trabalhar com a manutenção ou instalação de ar condicionado automotivo, é fundamental o conhecimento de injeção eletrônica. Este sistema deixou de ser puramente mecânico com um simples acionamento elétrico há alguns anos e tende a ficar cada vez mais eletrônico.
Hoje já temos compressores com eletro válvulas sem acoplamento de embreagem, que recebem sinais de módulos (nota do Maluhy: sistema péssimo esse para o consumidor,pouca vida útil do compressor) , ventiladores internos e eletroventiladores com módulos PWM ( nota do Maluhy: sistema usado nas 202,por ex, varia constantemente a velocidade dos eletroventiladores frontais ,donde PWM= Power Wave Module) , sem o antigo resistor, transdutores de pressão e temperatura no lugar de pressostatos e termostatos. No futuro, poderemos ter inclusive, um bico injetor no lugar do elemento de expansão e compressores com acionamento elétrico sem correias. E a tendência é ir muito além, com novas formas construtivas, novos fluidos refrigerantes, outras faixas de pressão e até outros tipos de reações químico físicas para se obter o "ar condicionado".
A maioria dos carros atuais utiliza o líquido de arrefecimento do motor, para fazer a calefação, o "ar quente", mas e nos veículos do futuro, que poderão utilizar outros propulsores, como por exemplo, o motor elétrico, em que seu aproveitamento será maior, e não haverá tantas perdas de energia por calor.
Os refrigeristas tradicionais e os que estão começando nesta área devem ficar atentos as tendências e mudanças tecnológicas e se preocupar com a atualização de seus conhecimentos.
Fonte: Oficina Brasil

_________________
Consultor Técnico FMBB

Peças para importados
Consultoria pré-compra  

Contatos:
21-970061008 NEXTEL ZAP
21-980304994 TIM 
rmaluhy@yahoo.com



Mercedes mit knapp über 4 Meter ...
avatar
Maluhy
Consultor Técnico
Consultor Técnico

Número de mensagens : 10503
Data de inscrição : 21/10/2007
Interesses : Antigomobilismo
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Rio de Janeiro
Advertências : Sem restrição

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sistemas modernos de A/C e refrigeração

Mensagem por Sidão em Sab 30 Maio 2009 - 21:43



Como sempre, bastante esclarecedor.
A gente sempre aprende com seus ótimos posts técnicos, Maluhy !
avatar
Sidão
Usuário Prata
Usuário Prata

Número de mensagens : 285
Data de inscrição : 24/04/2009
Interesses : Mercedes Benz - anos 80 e 90
Sexo : Masculino País : Brasil
Estado : Distrito Federal
Advertências : Sem restrição

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum